Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CINEMA

Marvel descarta CGI de Chadwick Boseman em 'Pantera Negra 2'

Publicado em: 16/11/2020 22:48 | Atualizado em: 16/11/2020 22:48

 (Foto: Divulgação/Disney)
Foto: Divulgação/Disney
Desde a morte de Chadwick Boseman, protagonista do Pantera Negra, os fãs especulam sobre como será a sequência do longa-metragem. Após rumores e especulações sobre o uso de computação gráfica para trazer cenas do ator, a Marvel declarou em comunicado oficial que não usará CGI para dar continuidade a trama.

“Há apenas um Chadwick e ele não está conosco. Nosso rei, infelizmente, morreu na vida real, não apenas na ficção, e estamos demorando um pouco para ver como voltamos à história e o que faremos para honrar este capítulo do que nos aconteceu de tão inesperado, tão doloroso, tão terrível, realmente”, declarou a vice-presidente executiva da Marvel Studios, Victoria Alonso.

“Temos que pensar cuidadosamente sobre o que vamos fazer e como, e pensar sobre como vamos honrar a franquia”, completou ao pontuar que o grupo honrará o legado de Chadwick.

A estreia de Pantera Negra 2 estava prevista para 6 de maio de 2022, mas com a morte de Chadwick, houve alteração no calendário de lançamento e ainda não foi divulgada a nova data de estreia.

Novo Pantera Negra

Muitos fãs apostam que a personagem Shuri (Letitia Wright), irmã do Pantera Negra, assumirá o comando deixado pelo Rei T’Challa. No entanto, o estúdio ainda não se posicionou acerca dessa hipótese.

Chadwick Boseman morreu em 28 de agosto de 2020, aos 43 anos, após uma batalha de quatro anos contra o câncer de cólon. O ator não falou publicamente sobre o diagnóstico e interpretou o Pantera Negra enquanto estava em tratamento.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão ##275 Mono e dicotiledôneas
Rhaldney Santos entrevista Dr Dimas Antunes
Argentina chora perda de Maradona
Jogadores se despedem de Maradona
Grupo Diario de Pernambuco