Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

ARTE

Mercado Eufrásio Barbosa abre chamada pública para ocupação de salas de exposição

Publicado em: 05/10/2020 16:43

As inscrições estão abertas a partir desta segunda-feira (5) e seguem até 04 de novembro (Foto: Hesíodo Góes/Divulgação)
As inscrições estão abertas a partir desta segunda-feira (5) e seguem até 04 de novembro (Foto: Hesíodo Góes/Divulgação)

O Centro Cultural Mercado Eufrásio Barbosa, em Olinda, abriu, nesta segunda-feira (5), um chamamento público para ocupação das salas de exposição. A ocupação visa o incentivo à prática de artes visuais no Estado, além de apresentar e divulgar a produção artística local, além de ampliar o acesso dos artistas à exposição em espaços públicos. Serão selecionados dois projetos para ocupação das galerias 1 e 2. O equipamento é composto ainda pelo Museu do Mamulengo, Teatro Fernando Santa Cruz, livraria da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) e loja do Centro de Artesanato de Pernambuco.

Os projetos podem ser individuais ou coletivos, podendo participar artistas e curadores, com propostas na área de pintura, desenho, gravura, escultura, fotografia, vídeo, instalação, arte sonora e artes integradas. Os inscritos deverão ser pernambucanos ou residentes em Pernambuco há pelo menos 6 meses, ou possuir o título de cidadão pernambucano concedido pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Cada proponente pode apresentar até dois projetos, mas apenas um pode ser selecionado para a exposição. As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas até as 23h59min do dia 4 de novembro de 2020, exclusivamente no e-mail contato@mebaddiper.pe.gov.br e identificados pelo assunto CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2020 OCUPAÇÃO SALAS DE EXPOSIÇÃO MEB. A divulgação do resultado acontecerá em 17 de novembro.

Os selecionados receberão respectivamente R$ 8 mil pela ocupação da Galeria 1 e R$ 6 mil pela ocupação da Galeria 2. A premiação será entregue na abertura da exposição. "Além do prêmio, o artista ou coletivo selecionado poderá vender as obras expostas, o que faz com que o edital funcione também como um meio de viabilizar a produção dos artistas, incentivando o mercado das artes no Estado", explicou Maria Eduarda Belém, coordenadora do Centro Cultural Mercado Eufrásio Barbosa.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Celso Muniz (MDB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #181 - Tiops de rins dos vertebrados
Rhaldney Santos entrevista Dr. Felipe Dubourcq, urologista
Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar irregularidades nas eleições
Grupo Diario de Pernambuco