Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

PREMIAÇÃO

Prêmio Pulitzer de teatro considerará peças online e canceladas em 2020

Por: FolhaPress

Publicado em: 15/09/2020 15:15 | Atualizado em: 15/09/2020 15:16

A premiação fez mudanças no regulamento para contemplar artistas prejudicados pela pandemia do novo coronavírus (Foto: Pixabay)
A premiação fez mudanças no regulamento para contemplar artistas prejudicados pela pandemia do novo coronavírus (Foto: Pixabay)

O conselho administrativo do Prêmio Pulitzer teatral divulgou mudanças no regulamento da sua próxima edição, que ocorrerá em 2021, e anunciou que peças transmitidas online ou canceladas em 2020 serão elegíveis, como uma homenagem aos profissionais do setor, muito prejudicados pela pandemia do novo coronavírus.

"A propagação da Covid-19 fechou os teatros, mas de forma alguma diminuiu a criatividade dos dramaturgos do país [EUA]", disseram os co-presidentes do prêmio, Stephen Engelberg, da ProPublica, e Aminda Marqués González, do Miami Herald, em uma nota divulgada no dia 10 de setembro. "As apresentações estão acontecendo, mesmo com um público remoto."

As obras elegíveis incluem dramas de autores americanos que estrearam nos Estados Unidos entre 1º de janeiro e 31 de dezembro, peças canceladas ou adiadas devido à pandemia e as transmitidas em plataformas online. Os criadores das peças americanas não executadas neste ano deverão comprovar ao conselho do Pulitzer o cancelamento ou adiamento do evento, além de apresentar o roteiro da peça, caso queiram concorrer à estatueta.

Além disso, os responsáveis pela produção poderão determinar quando o drama estará pronto para as avaliações do júri do Pulitzer. "Neste ano, mais que todos os outros, quisemos homenagear o trabalho que está sendo feito", afirma um tuíte da premiação que anuncia as mudanças.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista advogada Rafaella Simonetti do Valle
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro
Rhaldney Santos entrevista o empreendedor digital Harry Thorpe, criador da plataforma Miauu
Grupo Diario de Pernambuco