Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CINEMA

Cabíria Festival promove edição virtual e debate espaço feminino no audiovisual

Publicado em: 09/09/2020 13:00

A primeira edição do festival, realizada em 2019, reuniu 70 cineastas mulheres e exibição de 35 filmes (Foto: Divulgação)
A primeira edição do festival, realizada em 2019, reuniu 70 cineastas mulheres e exibição de 35 filmes (Foto: Divulgação)

Diante da pandemia do novo coronavírus, a segunda edição do Cabíria Festival – Mulheres & Audiovisual, do Rio de Janeiro, será realizada no formato digital, ampliando a participação de mulheres de todo o Brasil. O evento será realizado entre os dias 18 a 29 de novembro. Em seguida, acontece Cabíria LAB, de 30 de novembro a 5 de dezembro, ação voltada para as finalistas do Cabíria Prêmio de Roteiro. Serão oferecidas sessões de longas e curtas-metragens de obras de cineastas mulheres, debates com as realizadoras, além de painéis, oficinas e masterclasses diversas, voltados para estimular a rede de cineastas mulheres, enriquecer a formação profissional das participantes e provocar reflexões. Toda a programação será gratuita.

Criado para somar ao debate e ações em prol à igualdade de gênero e diversidade na cadeia produtiva do audiovisual, o festival foi criado em 2019, festival busca também ampliar a representatividade em termos de raça, cor, sexualidade e território. Além disso, diante dos cortes dos financiamentos públicos e privados à cultura, intensificados pela pandemia da Covid-19, o Cabíria reúne profissionais mulheres para pensar alternativas para desenvolver projetos, resguardar os empregos gerados pela indústria do audiovisual e manter ofertas de programação para o público.

De acordo com as realizadores do Cabíria, Marília Nogueira (Ipê Rosa Produções) e Vânia Matos (Laranjeiras Filmes), o evento reforça a importância não apenas da equidade de gênero nos espaços de trabalho, mas também a do protagonismo feminino em suas próprias histórias. "No contexto do audiovisual, a iniciativa soma à luta para que mulheres tenham vez e voz ao contar suas vivências, seja escrevendo roteiros, dirigindo projetos ou atuando em personagens de destaque. Já fora das telas, o Cabíria promove o reflexo desse empoderamento na vida pessoal de cada mulher, incentivando e respeitando seu direito de escolha, suas experiências e demandas”, destacam.

A primeira edição do festival, realizada em 2019, resultou em cinco dias de atividades gratuitas, com uma rede de 70 cineastas, 35 filmes, seminário com painéis, oficinas e masterclass, envolvendo 16 instituições e empresas do setor. O evento é uma expansão do Cabíria Prêmio de Roteiro que desde 2015 incentiva a valorização de roteiristas mulheres e protagonistas inspiradoras, sob o lema "Por mais mulheres nas telas e atrás das câmeras".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: acidente em Boa Viagem, aulas liberadas e reinauguração do Geraldão
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #101 Actina e Miosina
Rhaldney Santos entrevista advogada Rafaella Simonetti do Valle
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Grupo Diario de Pernambuco