Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

TATÁ WERNECK

Tatá Werneck desabafa sobre cobranças em relação à maternidade e diz que é 'cruel'

Por: FolhaPress

Publicado em: 02/08/2020 08:24

A artista continuou seu texto criticando mulheres que julgam a forma que outras mães cuidam dos próprios filhos.  (Foto: Reprodução Instagram)
A artista continuou seu texto criticando mulheres que julgam a forma que outras mães cuidam dos próprios filhos. (Foto: Reprodução Instagram)
Tatá Werneck, 36, usou seu Instagram neste sábado (1º) para fazer um desabafo sobre as cobranças em relação à maternidade. "O batom não esconde os olhos cansados. Sou a melhor mãe que posso ser. A melhor que posso. Não a melhor do mundo. A melhor que posso. E meu amor não tem limites", iniciou a humorista. 

A artista continuou seu texto criticando mulheres que julgam a forma que outras mães cuidam dos próprios filhos. "Às vezes vejo outras mulheres julgando a maternidade das outras ...ainda existe espaço pra isso? Não existe mais isso de 'mãe deve ser assim', 'mulher tem que ...'. Foi se o tempo do julgamento", salientou Tatá, que finalizou o relato falando sobre ser solidário à maternidade alheia e só opinar quando for chamado a isso. "Aberta a Era da empatia. Da compreensão. Julgar a maternidade do outro e cruel. Dê palpite apenas a quem te pedir :) Maes :) libertem-se! Sofremos. Sorrimos. Doamos. Fazemos nosso melhor! E que fique ao nosso lado so quem quiser contribuir e ajudar", concluiu.

Tatá deu à luz Clara Maria dia 23 de outubro de 2019 na Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro. A menina é fruto da relação da humorista com o ator Rafael Vitti, 24. Ela é a primeira filha do casal, que oficializou a união pouco antes da primogênita nascer, após quase três anos juntos.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
OMS alerta que talvez não haja solução para pandemia
Informação é a melhor arma contra o câncer de cabeça e pescoço
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #392 Sucessão ecológica
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura do Recife  Túlio Gadêlha
Grupo Diario de Pernambuco