Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

LITERATURA

Laurentino Gomes adia lançamento de sequência de 'Escravidão'

Publicado em: 31/08/2020 11:50

O novo volume de Escravidão fala sobre o início da escravatura africana no Atlântico (Foto: Vilma Slomp/Divulgação
)
O novo volume de Escravidão fala sobre o início da escravatura africana no Atlântico (Foto: Vilma Slomp/Divulgação )

O lançamento do segundo livro da trilogia Escravidão, escrito por Laurentino Gomes, estava programado para outubro. No entanto, em decorrência da pandemia, o autor, conhecido também por assinar a obra 1808, adiou a estreia para 2021, na Bienal do livro, no Rio de Janeiro. "Adiar o lançamento é um sinal de respeito e cuidado com os leitores, livreiros, professores, estudantes e todas as pessoas envolvidas nesse processo", comentou o autor em nota.

O segundo volume de Escravidão fala sobre o início da escravatura africana no Atlântico, “entre o primeiro leilão de escravos em Portugal, no ano de 1444, e a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695”. A obra terá ainda a terceira parte, que abordará a continuação da história até o momento da assinatura da Lei Áurea no Brasil, em 1888.

O primeiro livro foi lançado em 2019 e tem como enredo principal a escravidão na África. No decorrer da história, os anos vão passando e Laurentino busca aprofundar os temas que são tratados na obra, como a captura de negros pelos portugueses.

LEIA TAMBÉMAutor do best-seller 1808 lança trilogia sobre escravidão: 'Brasil voltou ao racismo explícito'
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro
Rhaldney Santos entrevista o empreendedor digital Harry Thorpe, criador da plataforma Miauu
Detran-PE realiza ações na Semana Nacional do Trânsito
De 1 a 5: Cuidados na saúde ocular das crianças
Grupo Diario de Pernambuco