Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

Teatro

Pernambucanos estão entre as atrações onlines do Itaú Cultural

Publicado em: 21/07/2020 15:23 | Atualizado em: 21/07/2020 16:51

Hermínia Mendes e membro do grupo pernambucano Teatro de Fronteira (Foto: Rodrigo Alves e Rodrigo Dourado/Divulgação)
Hermínia Mendes e membro do grupo pernambucano Teatro de Fronteira (Foto: Rodrigo Alves e Rodrigo Dourado/Divulgação)

Ao longo de oito dias, o site do Itaú Cultural se torna palco de performances, quadros de dança, números circenses, cenas e espetáculos teatrais criados antes e durante o período de quarentena para adultos e crianças. O Festival Arte como Respiro - Edição Cênicas começou na última sexta-feira (17) e será retomado da quarta-feira (22) a domingo (26). Cada espetáculo permanece no ar por 24h o festival para ceder lugar ao próximo, possibilitando ao público 'maratonar' as linguagens e territórios cênicos. A programação completa pode ser conferida no www.itaucultural.org.br.
 
A maratona de apresentações é composta de espetáculos completos, cenas teatrais, performances, quadro de dança e circo, registrados antes ou durante o período da quarentena. As temáticas destas primeiras 26 de 200 obras contempladas no edital de cênicas variam de questões sociais, raciais e de gênero até situações individuais ou coletivas causadas pela suspensão social. 

Permeada por obras curtas de abertura, já conduzindo o público ao olhar curatorial do Núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural, a programação está dividida em sessões completas noturnas voltadas ao público adulto, com início sempre às 20h, e aos finais de semana, às 15h, em horário reservado para crianças.

Pernambucanos
O festival começou na última sexta (17) com Rezos da Xamãe Zanoia, série de cinco vídeos/pílulas de medicina do riso conduzidos pela atriz pernambucana Livia Falcão. Neles, Zanoia, uma índia, cuja missão é rir de si mesma, vive em terras distantes e faz vídeo-chamadas para a Terra para compartilhar saberes sobre este momento.
 
Nesta quinta-feira (23), a peça Pedaços – Poesia Performática, da pernambucana Hermínia Mendes, abre a noite com reflexões sobre um corpo inquieto pelo estado pandêmico e sobre os sintomas de uma população que já está doente há muito tempo.

Na sexta-feira (24), é a vez de #QUEERANTENA – Puro Teatro, cena teatral que o grupo pernambucano Teatro de Fronteira apresenta no festival. Usando a poética e a linguagem do teatro documentário trabalhado pela companhia, o espetáculo narra a trajetória de vida de um menino, que descobre, ao mesmo tempo, a potência do palco como espaço para dar vazão às suas fantasias de gênero e os chamados da norma masculina para que saia de cena.

SERVIÇO
Festival Arte como Respiro – Edição Cênicas
Onde: Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br)
Quando: 17 a 19 de julho (sexta-feira a domingo) e 22 a 26 de julho (quarta-feira a domingo)
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
OMS alerta que talvez não haja solução para pandemia
Informação é a melhor arma contra o câncer de cabeça e pescoço
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #392 Sucessão ecológica
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura do Recife  Túlio Gadêlha
Grupo Diario de Pernambuco