Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CINEMA

Filme que retrata prisão de Caetano Veloso é selecionado para Veneza

Publicado em: 28/07/2020 08:40 | Atualizado em: 28/07/2020 09:26

 (Foto: Arquivo CB/D.A Press)
Foto: Arquivo CB/D.A Press
Passados 52 anos desde a prisão durante o regime militar, o cantor e compositor Caetano Veloso recorda os momentos marcantes do ocorrido, no documentário Narciso em férias, assinado pela dupla Ricardo Calil e Renato Terra (a mesma que concebeu, há uma década, Uma noite em 67).
 
O filme integra a seleção oficial, em mostra Fora de Competição, do Festival de Veneza, que será presencial, no período entre 2 e 12 de setembro.
 
Coproduzido por Walter Salles e João Moreira Salles, em produção assinada por Paula Lavigne, o longa revela pensamento íntimos de Caetano acerca dos 54 dias de prisão, a contar do dia 27 de dezembro de 1968, mesma data da prisão do amigo e parceiro Gilberto Gil.
 
O título da obra Narciso em férias figura no livro Verdade Tropical, e foi retirado de obra de F. Scott Fitzgerald, acentuando a dramaticidade do período passado em esquema de solitária. "Quando a gente é preso, é preso para sempre", enfatiza Caetano, ao lembrar de uma frase antológica ouvida do amigo músico, designer e escritor Rogério Duarte, um dos criadores da Tropicália.
 
 

TAGS: caetano | prisão | filme | veneza | cinema |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Líbano contabiliza mortos, feridos e prejuízos
Rhaldney Santos entrevista a pré-candidata à prefeitura do Recife  Isabella de Roldão
Comerciantes de praias do estado protestam em frente ao Palácio
Grupo Diario de Pernambuco