Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

AUDIOVISUAL

Documentário revisita prisão arbitrária de adolescentes durante ditadura militar

Publicado em: 29/07/2020 09:40

Pátio da cadeia de Camanducaia, outubro de 1974 (Foto: Acervo pessoal/Solange Fernandes)
Pátio da cadeia de Camanducaia, outubro de 1974 (Foto: Acervo pessoal/Solange Fernandes)

A prisão arbitrária de 93 crianças e adolescentes em São Paulo durante a ditadura militar é revisitada no documentário Operação Camanducaia, dirigido por Tiago Toledo, com estreia marcada para o dia 2 de outubro no Canal Curta!. A produção buscou pelos envolvidos no caso, principalmente pelos sobreviventes, entrevistando mais de 40 pessoas e pesquisando em cerca de 1,5 mil páginas de documentos e jornais para reconstituir memórias, motivações e consequências da operação.

O episódio aconteceu em 1974. Após a prisão, os jovens foram levados clandestinamente para Minas Gerais, perto da cidade de Camanducaia. Lá, foram despidos, espancados e jogados em um barranco. Na manhã seguinte, apenas 41 deles apareceram na cidade. Nus, machucados e esfomeados, invadiram bares e restaurantes em busca de roupas e alimentos. O jornalista Paulo Markun, o padre Júlio Lancellotti e o ex-governador de São Paulo, Laudo Natel, estão presentes na narrativa investigativa. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #392 Sucessão ecológica
Rhaldney Santos entrevista a pré-candidata à prefeitura do Recife Marília Arraes
A nova cara da Conde da Boa Vista, velha conhecida dos recifenses
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura do Recife  Túlio Gadêlha
Grupo Diario de Pernambuco