Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

LITERATURA

Trajetória da primeira feminista brasileira será revisitada em live da Fundaj

Publicado em: 23/06/2020 18:18 | Atualizado em: 25/06/2020 15:05

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação

A trajetória da escritora, educadora e poetisa nordestina Nísia Floresta Brasileira Augusta, primeira feminista do Brasil, será contada na segunda edição da série Grandes Personalidades do Nordeste, da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), que será realizada nesta quinta-feira (25), às 17h, no canal do Youtube da instituição. Com o tema ‘Nísia Floresta, patrimônio e memória intelectual nordestina’, o evento conta com a participação da professora hispânica Laura Sánchez, biógrafa e tradutora de Nísia Floresta.

"A minha maior motivação na pesquisa sempre foi recuperar memórias de personalidades intelectuais que fizeram diferença e preservá-las. Para o meu mestrado, queria pesquisar sobre uma mulher do Brasil e encontrei Nísia. Quando terminei a dissertação, os professores da banca me aconselharam a escrever um livro sobre o assunto”, conta Sánchez.

Nascida em Papari, no Rio Grande do Norte, em 1810. Ainda jovem, Nísia Floresta casou com 13 anos, passou por um divórcio, o que não era comum na época e publicou seu primeiro livro com 22 anos, Direitos das mulheres e injustiça dos homens (1832). Ganhou repercussão após lançar a obra onde defendia os direitos da mulher a manifestar uma vida intelectual nos espaços públicos.

De acordo com a biógrafa hispânica, Nísia reconhecia as mulheres como importantes figuras sociais, dotadas de uma identidade fundamental para o crescimento das sociedades e muito além do contexto doméstico. Mesmo perseguida por autoridades, ela fundou o colégio Augusto, no Rio de Janeiro. “Foi pioneira em um período de invisibilidade feminina. Levantou o primeiro colégio de meninas no Rio de Janeiro. Saiu do seu amado Nordeste pela falta de reconhecimento e morou na Europa durante 30 anos”, ressalta a Laura.


SERVIÇO
Grandes Personalidades do Nordeste: Nísia Floresta, com Laura Sánchez

Quando: nesta quinta (25), às 17h
Onde: transmissão no canal da Fundaj no YouTube

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
01/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Sarí é indiciada por abandono de incapaz com resultado morte
Opas prevê mais de 400 mil mortes na América Latina e Caribe
Nascimento de panda é motivo de comemoração em Taiwan
Grupo Diario de Pernambuco