Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

São João

Quadrilhas juninas ganham série de lives nas redes sociais do Diario

Publicado em: 23/06/2020 14:31 | Atualizado em: 23/06/2020 14:57

Junina Raio de Sol, do bairro de Águas Compridas, em Olinda.  (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)
Junina Raio de Sol, do bairro de Águas Compridas, em Olinda. (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)

Nesta terça-feira (23), o Diario estreia a série Vai ter quadrilha sim sinhô, apresentada pelo jornalista Samuel Calado.  O programa tem a intenção de contar a história dessas quadrilhas e também falar sobre o movimento, que diante da pandemia, teve as atividades suspensas. A transmissão acontecerá nas plataformas Instagram e Facebook do jornal. 

Foto: Samuel Calado/Esp. DP (Junina Tradição, do Morro da Conceição. )
Foto: Samuel Calado/Esp. DP (Junina Tradição, do Morro da Conceição. )

No projeto, seis juninas da Região Metropolitana do Recife foram convidadas para representar o movimento. São elas, Junina Evolução, Raio de Sol, Dona Matuta, Lumiar, Tradição e Origem Nordestina.

Junina Evolução, do bairro de Santo Amaro, no Recife.  (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)
Junina Evolução, do bairro de Santo Amaro, no Recife. (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)


Até sábado, respeitando as recomendações e seguindo os cuidados necessários diante da pandemia, o repórter irá visitar a sede dos grupos para conhecer a história, mostrar premiações e falar sobre os anos e suas coreografias. 

Junina Dona Matuta, do bairro de San Martin.  (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)
Junina Dona Matuta, do bairro de San Martin. (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)

Desde 2017, o jornal é o único do estado a realizar a cobertura completa em tempo real do concurso de Quadrilhas Juninas do Recife, que ocorre tradicionalmente no Sítio Trindade. Como este ano o concurso foi suspenso, os grupos tiveram que adiar seus respectivos ensaios e espetáculos. 

Junina Lumiar, do bairro do Pina.  (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)
Junina Lumiar, do bairro do Pina. (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)

Desde modo, a série tem a intenção de trazer um pouco da energia do movimento para aqueles que abraçam com tanto carinho e lotam as arquibancadas nos arraiais. 

Confira a programação: 

Terça-feira (23)
20h - Junina Evolução 

Quarta-feira (24)
19h - Junina Raio de Sol 

Quinta-feira (25) 
20h - Junina Dona Matuta 

Sexta-feira (26) 
20h30 - Junina Lumiar 

Sábado (27)
18h - Junina Tradição 
20h - Junina Oridem Nordestina 

Junina Origem Nordestina, do Morro da Conceição, no Recife.  (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)
Junina Origem Nordestina, do Morro da Conceição, no Recife. (Foto: Samuel Calado/Esp.DP)


De uma forma diferente, os espectadores poderão conhecer mais sobre os grupos que admiram, recordar das emoções na plateia e interagir também. Ao final de cada episódio, haverá uma matéria especial no portal com cada junina.  
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
01/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Sarí é indiciada por abandono de incapaz com resultado morte
Opas prevê mais de 400 mil mortes na América Latina e Caribe
Nascimento de panda é motivo de comemoração em Taiwan
Grupo Diario de Pernambuco