Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CANTORA

Ludmilla diz que ataques racistas são tentativa de tirar sua humanidade

Por: FolhaPress

Publicado em: 17/06/2020 21:53

 (Foto: Reprodução/Insta)
Foto: Reprodução/Insta
Ludmilla, 25, usou as redes sociais para falar sobre os ataques racistas que vem sofrendo na internet. A cantora deixou um comentário no perfil Potências Negras no Instagram, nesta quarta-feira (17), dizendo que o racismo tenta "retirar a humanidade".

"O povo preto é potência e resistência. O racismo criminoso é uma tentativa de tirar nossa humanidade. Só que a gente não vai se calar e não vai abaixar a cabeça. Tenho orgulho e consciência do lugar que ocupo. Quando falo, não é só por mim, mas por todos nós, que sofremos diariamente com o racismo. Além de continuar denunciando, vou continuar fazendo meu trabalho como venho fazendo. Porque, aceitem, vai ter preta em posição de destaque sim ", declarou.

A publicação conta a trajetória de Ludmilla desde o início de sua carreira, declarando que ela é a "cantora negra mais seguida no Brasil e sétima mais seguida no mundo, com mais de 22 milhões de seguidores no Instagram".

Anitta, 27, também usou sua rede social para se manifestar pela primeira vez, indiretamente, sobre os casos de racismo que surgiram após a revelação de sua briga com Ludmilla, assunto que veio à tona no início dessa semana, após a intérprete de "Verdinha" vazar uma série de conversas e áudios entre as duas.

"Criminosos covardes que se dizem meus fãs estão propagando mensagens de racismo e injuria racial nas redes sociais. Já disse e repito: Isso é abominável e inadmissível", escreveu Anitta em um Story compartilhado em seu Instagram.

Apesar de não citar o nome de Ludmilla, a cantora carioca disse que sua equipe já está apurando os perfis que ofenderam a colega de trabalho da música "Onda Diferente". Segundo ela, até o momento nenhum dos perfis estão cadastrados como fã clube oficial. "Mas não me calarei ou me acomodarei frente a esses absurdos que tenho lido e que estão chegando até mim", disse.

"Quem fez isso vai pagar pelo que fez. E quem pensar em fazer, saiba que a justiça vai atrás de você também. Já acionei advogados e especialistas em crimes de internet. Racismo é crime", finalizou.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
01/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Sarí é indiciada por abandono de incapaz com resultado morte
Opas prevê mais de 400 mil mortes na América Latina e Caribe
Nascimento de panda é motivo de comemoração em Taiwan
Grupo Diario de Pernambuco