Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

'Vai ter quadrilha sim sinhô'

Junina Evolução fala sobre pandemia, São João e espetáculos

Publicado em: 24/06/2020 15:01 | Atualizado em: 24/06/2020 15:40

Foto: Samuel Calado/Esp.DP

A Junina Evolução foi o primeiro grupo a participar da série "Vai ter quadrilha sim sinhô", produzida pelo Diario e transmitida ao vivo nas plataformas digitais do jornal. O encontro aconteceu na noite desta terça-feira (23). O episódio desta quarta-feira (24) será com a Junina Raio de Sol, do bairro de Águas Compridas, em Olinda, às 19h.  

A Evolução é da comunidade de Santo Amaro, no Centro do Recife e traz uma identidade contemporânea ao movimento cultural em Pernambuco. Ela começou as atividades no ano de 2009 na categoria mirim. O primeiro espetáculo trouxe o tema "O casamento da Junina Evolução e o festeiro do João".  No ano de 2015, ao ver que a maioria dos brincantes já tinham atingido a maioridade, a junina decidiu partir para outro desafio, passando para a categoria adulta, como conta Diego. "O concurso Mirim tem a questão da idade como regra. Então decidimos evoluir, trazendo em 2015 um espetáculo inovador", relata. 

Foto: Samuel Calado/Esp.DP


Com 11 anos de existência, a junina traz um repertório de espetáculos marcantes. Um deles, em especial, o "Chico Vive", apresentado no ano de 2017, homenageou o saudoso cantor e compositor pernambucano Chico Science (1966-1997). Ele venceu o concurso estadual promovido pela Rede Globo Nordeste em Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. No ano passado, eles apresentaram o "Sertão" e fizeram uma grande saudação à Missa do Vaqueiro. 

Este ano, a quadrilha iria homenagear o multiartista pernambucano Alceu Valença com o espetáculo "Valencianas". O projeto precisou ser adiado devido às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para frear a proliferação do coronavírus. A expectativa é apresentar o projeto no ano de 2021. "Iremos levar um grande espetáculo. Tenho certeza que todas as quadrilhas irão além. A gente tem uma preocupação muito grande em levar um grandioso espetáculo ao público. Tenho certeza que as pessoas vão amar", conta Diego. 

Foto: Samuel Calado/Esp.DP

"Foi uma alegria imensa participar do projeto. Se não estivéssemos nessa pandemia, estaríamos nos arraiais de Pernambuco mostrando o nosso espetáculo e confraternizando com a família", conta o vice-presidente Rodrigo Oliveira, que também é brincante do grupo. Além de Rodrigo e Diego, estiveram presentes na live os brincantes Adones Vasconcelos, Thais Maely e Bruna Lispector. 

Confira a live na íntegra: 
 


O projeto "Vai ter quadrilha sim sinhô", tem a intenc%u0327a%u0303o de mostrar um pouco do movimento de quadrilhas juninas em Pernambuco. Com a pandemia, os grupos tiveram que suspender as atividades e, consequentemente, adiar os espeta%u0301culos programados para este ano. A transmissão ao vivo seguem até o próximo sábado (27). Ale%u0301m da histo%u0301ria, os grupos falam sobre conquistas e revivem grandes ciclos através da dança.

Confira a programação

Quarta-feira (24)
19h - Quadrilha Junina Raio de Sol 
 
Quinta-feira (25)
20h - Junina Dona Matuta 
 
Sexta-feira (26) 
20h30 - Junina Lumiar 

Sábado (27)
18h - Junina Evolução 
20h - Junina Origem Nordestina  
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Notícias do dia: Bolsonaro doente e sem máscara, futebol vetado e inscrição para testar vacina
Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para a Covid-19
Bolsonaro apresenta sintomas de Covid-19 e faz teste
Notícias de 06/07 - Covid-19 deve matar mais no interior, prefeito investigado e festa restrita
Grupo Diario de Pernambuco