Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

Solidariedade

Artistas criam estampa para levantar fundos à comunidade LGBTQI+ na pandemia

Publicado em: 17/06/2020 14:47 | Atualizado em: 17/06/2020 14:51

 (Foto: Suporte/Divulgação)
Foto: Suporte/Divulgação

O projeto Suporte, uma colaboração de 22 artistas visuais LGBTQI+ de diversas cidades do Brasil, lançou nesta quarta-feira (17) uma camiseta estampa com várias ilustrações - como um mosaico - que representam um pouco da experiência de cada um durante a pandemia da Covid-19. O produto será vendido através das redes do Suporte (@suporte.suporte) e terá a renda totalmente revertida para instituições que estão apoiando a comunidade neste momento crítico. As vendas têm um tempo limitado de apenas dez dias, entre 17 e 26 de junho, e segue o calendário do mês do orgulho LGBTQI .

Entre os artistas envolvidos estão os pernambucanos Furmiga, Gabe Paraíso, Mario Bros e Sofia Carvalho, além de Alexandre Lindenberg, Ana Flávia, Andy Reis, Edu Reis, Giorgia Narciso, Herbert Loureiro, Inf3rnin, Ivo Cabo, Lomomolo, Luccas Morais, Magris, Natan, Velicastelo, Yazzion e Uare. As instituições que participam da iniciativa são Instituto Transviver e Casa Chama.

Em todo o mundo, a população LGBTQI , sobretudo a parcela trans, é uma das mais afetadas pela pandemia da Covid-19. De acordo com a Associação Nacional de Travestis e Transexuais, 90% da população trans e travesti trabalha no mercado informal e está impossibilitada de exercer suas funções. Foi a partir desses fatos que um grupo de amigues de diversas experiências profissionais percebeu que poderiam externar suas inquietações através de criatividade e coletividade para ajudar a diminuir o impacto negativo na comunidade.

"Durante dois meses, nos reunimos quase que diariamente, para a concepção, criação e desenvolvimento do projeto. Feito com muito carinho e atenção. Além de ser um produto visualmente muito interessante, pois reúne artistas incríveis dos mais variados pontos de vista e estéticas, todos em uma só arte, e o mais importante, todos em prol de uma causa e passando variadas mensagens de conforto", comenta Marcela Nunes, uma das pessoas que colaborou na criação do projeto.

O resultado é um retrato de uma realidade única a partir de identidades de diversas raças, gêneros, corpos e contextos sociais. As ilustrações de cada artista vão de uma ebulição criativa à mensagens de conforto e apoio mútuo, facilmente identificado em símbolos marcantes e frases carregadas de sentimento, como na contribuição de Dante Freire aka Inf3rnin, que colocou no papel um pouco da sensação de ser desafiado emocionalmente e de tentar se fazer presente na vida das pessoas que ama durante o período de distanciamento social. Artista soteropolitano e homem trans, através de sua arte Dante constrói pontes e novas perspectivas sobre a leitura de corpos, corpas e formas não aceitas no cistema. 

"É de extrema importância para mim somar e em coletivo  promover uma ação para arrecadar fundos pra tanta gente que precisa de suporte e precisa ser assistida", conta Gabe Paraíso que também colaborou com Suporte e assistiu sua realidade enquanto travesti, artista e produtora independente sendo exposta em um cenário de falta de acessos e oportunidades. Já o artista multidisciplinar Edu Reis retrata: “Tem sido aterrorizante, tenho dois agravantes nessa equação que são: sou negro e moro na periferia. Tenho 10 vezes mais chances de morrer por COVID-19. A ideia da ilustração 'fica viva' tem sido um mantra que eu repito durante os dias como forma de enxergar um futuro pós pandemia e genocídio da população negra LGBTQI ".

Suporte foi criado para ajudar instituições de apoio à comunidade LGBTQI de forma transparente e também vai destinar uma parcela do total das vendas para as pessoas artistas que desenvolveram suas estampas. "Para desenvolver o projeto gráfico da Suporte, pensamos em algumas referências visuais de publicações antigas, como zines e revistas impressas, inclusive seus anúncios, adicionando uma atmosfera forte do Kitsch, ao mesmo tempo em que se propõe descontraída e contemporânea, seja no uso das cores, das formas ou das fontes", acrescenta Rod Souza Leão, um dos responsáveis por desenvolver o projeto gráfico junto com o designer Marcelo Rodrigues.

Cada camiseta será comercializada por R$ 100 e o link para a loja virtual está na bio do Instagram (@suporte.suporte), que também é o principal canal de comunicação da iniciativa. De toda renda arrecadada, serão descontados apenas os custos de produção e o restante do valor será destinado às doações. O projeto disponibilizará o acesso ao acompanhamento dos números da campanha para todes através de uma ferramenta online.

SERVIÇO
Projeto Suporte
Onde: Instagram (@suporte.suporte)
Quando: Vendas de 17 a 26 de junho
Quanto: R$ 100 
 
Confira a estampa na íntegra:

 (Foto: Suporte/Divulgação)
Foto: Suporte/Divulgação
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Destaques da semana: caso Miguel, Decotelli fora do MEC e retorno do Campeonato Pernambucano vetado
Inscrições para o Vestibular 2020.2 da Unicap vão até 15 de julho
Um mês sem Miguel : tudo que fazia era por ele, diz Mirtes
03/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Grupo Diario de Pernambuco