Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

Família Real

Irmã de Meghan Markle diz que ela e Harry são 'os maiores hipócritas do mercado'

Por: FolhaPress

Publicado em: 02/04/2020 15:26

 (Foto: Tolga Akmen/AFP)
Foto: Tolga Akmen/AFP
A irmã de Meghan Markle, Samantha, 55, apoiou o presidente Donald Trump quando ele afirmou, nesta quarta-feira (1º), que os norte-americanos não pagariam pela segurança do casal britânico Meghan e Harry, que se mudou para a Califórnia. Em entrevista ao portal The Sun, Samantha disse que o casal foi "cruel" ao deixar o Reino Unido no meio da pandemia de coronavírus, e que a decisão foi "nojenta".

"Fazer o contribuinte pagar por sua segurança quando o mundo está morrendo é uma muito chocante", diz ela. "Eu apoio totalmente o presidente Trump, ele é notável nessas circunstâncias. Dizer que ele tem sangue nas mãos é absolutamente nojento". "O povo dos EUA não deve pagar por sua segurança", continuou ela. "Harry e Meghan não parecem se importar com as famílias ou as pessoas ao seu redor. A autopreservação deles é bastante nojenta. Eles podem atirar pedras o quanto quiserem, mas são os maiores hipócritas do mercado atualmente".

"É uma pandemia devastadora, a ideia de abandonar as duas famílias sem mais que um telefonema é chocante", diz Samantha, acrescentando que acredita que Meghan sempre planejou voltar a Hollywood. "Ela nunca cortou laços com seu agente ou gerente em Los Angeles."

Quem fica com a conta?
O príncipe Charles deve pagar 2 milhões de libras (R$ 12,9 milhões) por ano pelos custos de segurança do príncipe Harry e de Meghan Markle nos Estados Unidos. A informação foi divulgada pelo Daily Mail. Segundo uma fonte ouvida pelo jornal, o príncipe de Gales "concordou em pagar uma contribuição privada" para seu filho mais novo e sua esposa depois que eles partiram de Vancouver, no Canadá, no dia 27 de março, rumo a Los Angeles.

O valor total de gasto com segurança de Meghan e Harry nos EUA pode chegar a 4 milhões de libras (cerca de R$ 25,9 milhões) por ano, afirmou o Daily Mail. O assunto gerou polêmica no final de semana após o presidente Donald Trump dizer que os Estados Unidos não vai pagar a conta pela segurança do casal no país. O republicano se manifestou depois que o casal desembarcou na Califórnia em meio à pandemia de coronavírus.
Trump tuitou no domingo (29): "Sou um grande amigo e admirador da rainha e do Reino Unido. Foi relatado que Harry e Meghan, que deixaram o Reino, residiriam permanentemente no Canadá. Agora eles deixaram o Canadá para os EUA, no entanto, os EUA não pagarão por sua proteção de segurança. Eles devem pagar!".

Um representante de Harry e Meghan se pronunciou informando que o casal não pretende pedir que o país custeie sua proteção. "O duque e a duquesa de Sussex não têm planos de pedir ao governo dos EUA recursos de segurança. Acordos de segurança com financiamento privado foram feitos".
TAGS: harry | markle | meghan | irmã |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Estados Unidos podem ser novo epicentro do vírus
Coronavírus em Pernambuco - resumo de 24/03/2020
Moda: aproveite o tempo em casa para desenvolver seu estilo pessoal
Chefe da ONU pede cessar-fogo imediato e global diante do avanço do coronavírus
Grupo Diario de Pernambuco