Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

Artes

Magiluth antecipa venda de ingressos de peça para enfrentar crise da covid-19

Publicado em: 27/03/2020 14:22 | Atualizado em: 27/03/2020 14:36

O grupo teatral pernambucano Magiluth antecipou a venda de ingressos do próximo espetáculo, Estudo nº 1: Morte e Vida, para amenizar o impacto da pandemia do novo coronavírus. A campanha é uma estratégia de sobrevivência diante da suspensão de todas as atividades que estavam previstas para os meses de março, abril e maio, o que coloca atualmente em risco a continuidade do grupo, esclarecem os artistas em nota, ao pedir apoio do público.

De acordo com o coletivo, moradores de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, São Luís e de países como Argentina, México e Países Baixos já aderiram à campanha, em menos de 24 horas do lançamento como forma de contribuir para a continuidade do grupo. "Para impedir a interrupção de nossa trajetória, que caminha para os seus 16 anos, esta foi a forma que encontramos: contar com o apoio do nosso público, que esteve ao lado do Magiluth a cada passo desse longo percurso", dizem.

Antes prevista para 8 de maio, a estreia agora não tem data definida, pois não se sabe quando será decretado o fim da quarentena no estado. O grupo, formado por Giordano Castro, Bruno Parmera, Erivaldo Oliveira, Márgio Sérgio Cabral, Lucas Torres e Pedro Wagner, vai entrar em contato com os compradores dos ingressos antecipados para que possam escolher entre os dias disponíveis. 

A montagem
Na nova montagem, eles mergulham no universo poético e árduo do clássico Morte e Vida Severina, escrito por João Cabral de Melo Neto (1920-1999), em adaptação sob direção de Rodrigo Mercadante e direção musical de Juliano Holanda. A partir do poema dramático, o Magiluth propõe um estudo cênico sobre a trajetória de imigrantes que deixam o sertão nordestino e seguem o caminho do rio, em busca de melhores condições de vida e trabalho.

Para a dramaturgia, o grupo propõe uma pesquisa que parte da obra e atravessa uma série de estudos contemporâneos acerca de construções, formações e interações sociopolíticas no Brasil ao longo dos séculos 20 e 21. No decorrer da história do país, em inúmeras circunstâncias, pessoas foram levadas a deixar os seus territórios de origem em busca de melhores condições. 

Os movimentos migratórios forçados por adversidades, que fazem com que muitos se lancem em direção a lugares de novas esperanças, oportunidades, de uma nova vida, conduzem o poema de João Cabral de Melo Neto e também a incursão do grupo Magiluth, que já se debruçou sobre os textos Viúva, porém honesta, de Nelson Rodrigues, e Hamlet, de William Shakespeare.

SERVIÇO
Venda antecipada de ingressos para Estudo nº 1: Morte e Vida, do grupo Magiluth
Onde: Casarão Magiluth (Rua da Glória, 465, Boa Vista)
Quando: Data ainda não definida
Quanto: R$ 30
Venda em: https://www.sympla.com.br/estudo-n1-morte-e-vida__827044
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Estados Unidos podem ser novo epicentro do vírus
Coronavírus em Pernambuco - resumo de 24/03/2020
Moda: aproveite o tempo em casa para desenvolver seu estilo pessoal
Chefe da ONU pede cessar-fogo imediato e global diante do avanço do coronavírus
Grupo Diario de Pernambuco