Música Lia de Itamaracá estreia disco inédito no Pátio de São Pedro

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 08/11/2019 11:11 Atualizado em:

Capa de Ciranda Sem Fim. (Foto: Divulgação)
Capa de Ciranda Sem Fim.

A cirandeira Lia de Itamaracá retorna ao Pátio de São Pedro, local icônico para as manifestações da ciranda, nesta sexta-feira (8), para apresentar a Pernambuco as faixas de Ciranda Sem Fim, seu novo álbum inédito. O disco também chega às plataformas digitais na mesma data. A audição pública terá a presença de DJ Dolores, produtor musical do trabalho atual da artista. O projeto tem o Selo Natura Musical e também foi produzido por Ana Garcia. Além de Dolores, haverá apresentação da DJ Adriana Pax com a companhia do Som na Rural do agitador Roger de Renor. A festa gratuita começa às 19h.

Com 11 faixas, o álbum Ciranda sem fim encerra um jejum de quase dez anos sem o lançamento de um trabalho fonográfico da cirandeira Lia. A última produção foi o disco Ciranda de Ritmos (2010), depois de Eu Sou Lia (2000) e Rainha da Ciranda (1977). O nome do álbum também batiza uma das músicas integrantes do disco.

Ciranda sem fim Para Lia foi um presente dado à artista pelo músico carioca Lúcio Sanfilippo durante um encontro entre os dois no Rio de Janeiro, em 1999. A faixa recorda o trabalho como merendeira, ofício desempenhado pela cantora durante 30 anos em uma escola estadual da Ilha de Itamaracá. Lia acompanhou a escolha do repertório, e participou da montagem das faixas desde a composição da ideia.

A capa do álbum traz uma fotografia de José de Holanda. O projeto visual, uma fusão de cores, foi produzido por Celso Hartkopf, com o intuito de resgatar a ancestralidade africana de Lia. A previsão é que o trabalho, que chegará em formato de CD e LP, esteja nas prateleiras também neste mês de novembro.

SERVIÇO
Audição pública de Ciranda Sem Sim, de Lia de Itamaracá 
Onde: Pátio de São Pedro (Santo Antônio, Recife)
Quando: nesta sexta-feira (8), às 19h
Quanto: Gratuito


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas