Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

PROGRAMAÇÃO

12ª Janela Internacional de Cinema aberta para os clássicos e as estreias

Publicado em: 05/11/2019 09:23 | Atualizado em: 05/11/2019 09:44

Filme O farol, dirigido por Robert Eggers, mesmo diretor de A Bruxa. (Foto: Divulgação)
Filme O farol, dirigido por Robert Eggers, mesmo diretor de A Bruxa. (Foto: Divulgação)
O 12º Janela Internacional de Cinema do Recife, de amanhã a domingo nos cinemas São Luiz, Fundação Joaquim Nabuco/Derby e o recém-inaugurado Cinema da UFPE, divulgou a lista completa de filmes desta edição. A programação conta com clássicos, competições de longas e curtas-metragens, sessões especiais e programas convidados, além da oficina Janela Crítica. Os ingressos serão vendidos na bilheteria do São Luiz a partir das 14h de hoje, com valores únicos de R$ 5 (longas) e R$ 3 (curtas). No Cinema da Fundação, custam R$ 10 e R$ 5 (meia). Ainda não foram definidos os preços do Cinema da UFPE.

Ao todo, 50 filmes, entre curtas e longas, serão exibidos durante os cinco dias de evento, assim como no ano passado, quando o festival perdeu patrocinadores e precisou passar de dez para cinco dias. Às vésperas da realização da 12ª edição e sem recursos, as produtoras Cinemascópio e Jaraguá Produções precisaram recorrer a uma campanha de financiamento coletivo para captação de recursos. A vaquinha teve repercussão nacional e a meta de R$ 30 mil foi batida em menos de um mês. O crowdfunding é apoiado por personalidades do audiovisual brasileiro como Sonia Braga e Irandhir Santos. A benfeitoria segue aberta até hoje.

A tradicional noite de abertura será amanhã, no São Luiz, às 21h, com exibição de O farol (The lighthouse), dirigido por Robert Eggers (A bruxa) e com Willem Dafoe e Robert Pattinson no elenco. O longa circulou em festivais como Cannes e Toronto e Atlantic Film Festival. Antes, às 19h30, haverá a apresentação especial do filme Jogos dirigidos, do alagoano Jonathas de Andrade, em primeira exibição aberta no Brasil acompanhada de execução de trilha sonora ao vivo. Entre os destaques da programação estão o clássico Easy rider: Sem destino, de Dennis Hopper. A exibição no festival marca os 50 anos de lançamento do longa, que será projetado em cópia restaurada 4K. Serão exibidos ainda Tudo sobre minha mãe, de Pedro Almodóvar, a cópia restaurada de Losing ground, de Kathleen Collins, além das estreias brasileiras de Vitalina Varela, de Pedro Costa, e A febre, de Maya-Da Rin.

Também serão realizadas sessões especiais comentadas dos filmes pernambucanos Bacurau, de Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, e Divino amor, de Gabriel Mascaro. O cineasta sueco Ingmar Bergman será lembrado em uma programação especial com dois documentários: Farodokument 1969 e Farodokument 1979.

Confira a programação completa
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Primeira Pessoa com Sam Nóbrega
O esforço de Guilherme e a rede de solidariedade que surgiu
Sobre Vidas: Natanael Ramos e Gil Sormany
Salão de Tóquio: Mitsubishi 2020
Grupo Diario de Pernambuco