cinema Prefeitura do Recife dobra investimento no 12º Janela de Cinema

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 29/10/2019 17:00 Atualizado em: 29/10/2019 17:06

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Com o objetivo de fomentar a cultura audiovisual da cidade, a Prefeitura do Recife contribuirá com R$ 100 mil reais para a realização do 12º Festival do Janela Internacional de Cinema, o dobro do valor investido nas edições anteriores. A verba deve custear grande parte das operações do evento que será realizado entre os dias 6 e 10 de novembro no Cinema São Luiz, Cinema da Fundação Joaquim Nabuco e recém-inaugurado Cinema da UFPE. A programação completa de filmes, com datas e horários, será divulgada nos próximos dias.

De acordo com comunicado enviado à imprensa, o apoio dado ao Festival pelo poder municipal, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife,  surge em contraponto a um cenário nacional de retrocessos nas políticas culturais. "Para suprir a lacuna deixada por importantes patrocinadores, que deixaram de investir no evento, em resposta a um cenário nacional de retrocessos nas políticas culturais, o apoio dado ao Festival pelo poder municipal, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, que variou ao longo dos anos entre R$ 20 mil e R$ 50 mil, saltará este ano para R$ 100 mil.

Sem recursos para a realização da 12ª edição, o festival Janela Internacional de Cinema precisou recorrer no começo do mês, a uma campanha de financiamento coletivo que, até o momento, já arrecadou mais de R$ 24 mil. A campanha segue aberta até o dia 7 de novembro, na plataforma Benfeitoria, e funciona no formato “tudo ou nada”, o que significa que o valor arrecadado só será disponibilizado após a primeira meta ser atingida.

A meta de R$ 30 mil está próxima a ser batida e, com isso, a benfeitoria segue aberta em busca de melhores condições de realização do festival. O crowdfunding é apoiado por personalidades importantes do audiovisual brasileiro como Sonia Braga, Maeve Jinkings, Irandhir Santos, Bruna Linzmeyer e Carla Salle. Os apoiadores podem contribuir com valores diversos, que serão recompensados com brindes ou prêmios através do link: benfeitoria.com/janeladecinema.  

 “O Janela é fundamental para mantermos cada dia mais amplos os horizontes do audiovisual pernambucano, que tanto tem dito e tanto mais tem a dizer ao mundo inteiro”, diz o presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha. O Janela Internacional de Cinema sagrou-se por trazer para a cidade importantes novidades do audiovisual do mundo e relembrar os clássicos que não podem ser perdidos de vista. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas