Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

DECLARAÇÃO

Junno Andrade diz que topa fazer teste de DNA com homem que alega ser seu filho

Por: FolhaPress

Publicado em: 23/10/2019 12:29

 (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Reprodução/Instagram
Um promotor de vendas chamado Eduardo Tadeu Mattos de Oliveira, 35, está tentando provar que é filho do apresentador Junno Andrade, 56, namorado de Xuxa.

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o homem nascido em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, diz que Junno chegou a morar com sua mãe, Isabel, por um período de tempo. Ele afirma ter conhecido o apresentador aos 12 anos e passado um tempo convivendo com ele.

"Desde o início, a minha mãe era contra a nossa aproximação porque não queria que pensassem que a gente queria dinheiro. Eu só queria carinho do meu pai", diz. "Quando eu fiz 15 anos, eles sumiram. Deixaram de me procurar. Eu ainda fui atrás, mas eles trocaram de telefone e endereço. Em 2011, com o Facebook, eu fui no perfil da Cleo Brandão (apresentadora e ex-mulher de Junno) e achei minha avó e meus primos. Eles me bloquearam".

Ele afirma que, após a morte da mãe, resolveu voltar a procurar o pai e ter o nome dele em seus documentos. "A sensação que tenho é que querem que eu esqueça. Mas eu não vou esquecer. Eu quero fazer o exame de DNA", disse.

À colunista, Junno confirma ter tido um breve romance com a mãe de Eduardo ainda na adolescência, mas que não chegou a namorá-la. Diz que Eduardo passou três dias em sua casa após conhecê-lo, "mas tinha um comportamento estranho e eu mandei ele logo de volta para a casa da mãe dele".

Ele também diz não acreditar que Eduardo seja seu filho: "Ele não se parece comigo. De qualquer forma, estou disposto da fazer o exame de DNA e resolver a questão. Se ficar comprovado que ele é meu filho, é claro que vou assumir".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Primeira Pessoa com Sam Nóbrega
O esforço de Guilherme e a rede de solidariedade que surgiu
Sobre Vidas: Natanael Ramos e Gil Sormany
Salão de Tóquio: Mitsubishi 2020
Grupo Diario de Pernambuco