Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

LITERATURA

Com Jout Jout, Fenelivro 2019 tem foco na questão ambiental

Publicado em: 23/10/2019 15:51 | Atualizado em: 23/10/2019 16:17

A youtuber e jornalista abordará sua carreira e questões ambientais. Foto: Divulgação/Fenelivro
Integrante do circuito de eventos literários do estado, a Feira Nordestina do Livro - Fenelivro chega à sua quinta edição com um tema urgente e em pauta: “Terra viva, compromisso de todos”. Devidos os desastres ambientais que ocorreram no país nos últimos meses, a feira literária homenageia o ambientalista e professor Vasconcelos Sobrinho. Em coletiva na manhã desta quarta-feira (23), a Fenelivro anunciou a sua programação, que tem a abertura marcada para quarta-feira (30) e o encerramento no dia 3 de novembro, sempre das 9h às 21h, no Centro de Convenções. 
  
A curadoria foi montada a partir do mote de debate e conduta ambiental, produzida pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) em parceria com a Fundação Gilberto Freyre. Entre os destaques estão a abertura conta com a fala da cineasta e professora Inez Cabral de Melo, filha de João Cabral de Melo Neto, que é o homenageado do Circuito Cultural de Pernambuco.  Para Ricardo Leitão, a busca por um tema atual e que gere debate é sempre o objetivo de proposição da feira. “Sempre procuramos algo que fale do da realidade do nosso Estado e do Brasil. Esse ano, os desastres ambientais e toda a questão em torno do cuidado com o planeta, ficaram muito em pauta. Energia nuclear em Pernambuco, o óleo no litoral nordestino, desmatamento da Amazônia e desertificação da nossa região. Precisamos transformar o meio ambiente em uma questão permanente”, ele conta.
 
Além disso, o romancista Márcio Souza, que tem a Amazônia como tema de seus livros, o oceanógrafo e professor da Universidade de Pernambuco, Clemente Coelho Júnior, o escritor e biólogo Ricardo Braga e a jornalista, escritora e youtuber Jout Jout, são alguns destaques da programação. Também faz parte da programação uma mesa sobre geração de poetas da Geração 65, o lançamento do livro Religiosidade popular, de Silvério Pessoa, uma sessão de autógrafos do livro Burle Marx e o Recife: Um passeio pelos Jardins da cidade, de organização de Maurício Cavalcanti, Ana Rita Sá Carneiro e Lúcia Maria de S.C. Veras. 
 
Estabelecendo o diálogo da literatura com as outras artes, a Fenelivro terá apresentações musicais para o público infantil e adulto, que encerram todas as noites, como Maestro Spok, Silvério Pessoa, grupo infantil Fada Madrinha e apresentação de Karina Spinelli. Outro diálogo estabelecido é com o cinema: pela primeira vez, a feira terá exibição de longas e curtas, que se relacionam tanto com o tema ambiental abordado, como com o homenageado do circuito. Entre as produções estarão, a animação Guaxuma (2018), de Nara Normande, o clássico Morte e vida Severina (1977), de Zelito Viana e o documentário Homens e caranguejos (2016), de Paulo de Andrade. Jamille Barbosa,  coordenadora de projetos da Fundação Gilberto Freyre, comenta como foi o processo de criar a programação literária integrada com as outras artes. “Buscamos várias formas de arte como cinema, música e teatro, já com a perspectiva do circuito cultural. A partir da questão ambiental abordamos o que se tem de interessante na produção estadual no cinema, por exemplo. Mesma coisa com as oficinas voltadas para o público jovem. Procuramos várias linguagens que consigam comunicar bem com o tema”, conta. 
 
SERVIÇO
5ª Feira Nordestina do Livro (Fenelivro)
Quando: Quarta-feira (30) a 03 de novembro, 9h às 21h
Onde: Centro de Convenções de Pernambuco, Salgadinho, Olinda 
Quanto: Entrada gratuita
 
Destaques da programação: 
Quarta-feira (30)
Palco Vasconcelos Sobrinho
18h30 Cerimônia de abertura
19h Conversa entre a escritora Inez Cabral de Melo, filha do homenageado, o poeta João Cabral de Melo Neto; e o editor da Cepe, Diogo Guedes
20h Show da Banda Flor de Cactus
Café Literário
14h Painel Moda e sustentabilidade
15h Aldravias: Oficina de poesias, com Ivanilde Gusmão de Morais (UBE)
16h Painel: O meio ambiente da informação e a infotoxina, com Luis Carvalho Gallego (Fórum Socioambiental de Aldeia)
Cinema
10h30 Documentário – Homens e caranguejos, Paulo de Andrade (2016/25 min)
16h Animação – Guaxuma, de Nara Normade (2018, 14 min)
17h Filme – Morte e vida Severina, de Zelito Viana (1977, 1h28 min)
Palco Vasconcelos Sobrinho
20h Show do Maestro Spok

Sexta-feira (01)
Estande da Cepe Editora
18h Sessão de autógrafos dos livros Ecologia do Cotidiano (Ricardo Braga), A flor lilás e outros contos (Ricardo Braga), Bia baobá (Itamar Morgado) e Açude de Apipucos: história e ecologia (Kleber de Toledo)
20h Lançamentos: Talvez precisemos de um nome para isso (Stephanie Borges), O breve fulgor do tempo (José Rodrigues Paiva), Caminho Áspero e outros poemas (Severino Filgueira) e Poesia da Geração 65 (Marcos D’Morais)
Auditório Peixe-boi
19h Mesa – A poesia da geração 65, com José Rodrigues Paiva, Almir Castro Barros e mediação de Tarcísio Pereira (Cepe)
Café Literário
18h Lançamento Religiosidade popular, de Silvério Pessoa
19h Bate-papo sobre o livro Talvez precisemos de um nome para isso (Cepe), com a aurtora Stephanie Borges e a jornalista Nathaly Barreto
 
Sábado (02)
Estande da Cepe Editora
15h Lançamento dos livros da Coleção perfis Germano Coelho: jardins em desertos (Sidney Rocha), J. Borges: entre fábulas e astúcias (Maria Alice Amorim) e José Cláudio: aventuras à mão livre (Júlio Cavani)
16h30 Sessão de autógrafos dos livros Burle Marx e o Recife: Um passeio pelos jardins da cidade (organizado por Maurício Cavalcanti, Ana Rita Sá Carneiro e Lúcia Maria de S.C. Veras) e Recife: fotografias (Fred Jordão)
18h Sessão de autógrafos do livro Maturidade: um tempo novo (organizado por Sílvia Gusmão)
19h Lançamento e sessão de autógrafos dos livros As margens do paraíso (Lima Trindade) e Jogo de cena (Andréa Nunes)
Palco Vasconcelos Sobrinho
17h Palestra Jout Jout
19h Palestra com Márcio Souza
20h Show Josildo Sá

Domingo (03)
Auditório Tartaruga
10h Bate-papo literário Roda de conversa sobre a importância dos cinco clubes de leitura (Alephanáticos, Tamo lendo e Soterrada por livros)
11h Mesa – A importância das bibliotecas comunitárias na sociedade, com Cida Fernandez (Centro Cultural Luiz Freire), Rafaela Lima e mediação de Lourival Pinto (UFPE)
15h Painel – Portal de zoologia de Pernambuco, com Felipe Aléssio 
Palco Vasconcelos Sobrinho
16h Apresentação com o grupo Fada Magrinha
18h Show com Karina Spinelli 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Primeira Pessoa com Sam Nóbrega
O esforço de Guilherme e a rede de solidariedade que surgiu
Sobre Vidas: Natanael Ramos e Gil Sormany
Salão de Tóquio: Mitsubishi 2020
Grupo Diario de Pernambuco