Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de Divirta-se

CasaCor PE traz integração com a natureza em todos os seus ambientes

Publicado em: 29/10/2019 16:27 | Atualizado em: 29/10/2019 16:55

Foto: Bruna Costa / Esp. DP Foto
O tema escolhido para este ano na CasaCor pode ser visto refletido em todos os ambientes. A frase emblemática Planeta Casa reflete os cuidados que devem ser tomados para preservar o lugar em que vivemos. Integração com a natureza é algo que já vem sendo implantado cada vezes em projetos de arquitetos do estado, bem como nos eventos do setor. 

Em um prédio tombado com árvores antigas e que dão uma característica marcante ao espaço, o evento traz projetos que integram bem o lugar com as mudanças propostas. Exemplo disso é a Reserva Vivix, o restaurante da CasaCor, projetado pelos arquitetos Luiz Dubeux e João Vasconcelos, sócios do escritório Dubeux Vasconcelos Arquitetura. O ambiente é o maior do evento com 150 m². A integração com a natureza externa que abraça o restaurante é proporcionada pelo uso do vidro da linha Vivix Performa Duo, que está presente em toda a fachada do restaurante, inclusive no teto, dando um efeito de transparência ou reflexo, a depender do foco da luz do dia.
Foto: Bruna Costa / Esp. DP Foto
A Vivix foi a responsável por convidar os arquitetos para desenvolverem o seu espaço neste ano da mostra. “A empresa gostou do que fizemos no ano passado, em outro ambiente, em que também utilizamos vidros da Vivix. Este ano tivemos 45 dias para desenvolver e construir todo o projeto proposto. Tentamos utilizar o máximo do portfólio e criamos este cubo de vidro”, destaca João Vasconcelos. A escolha dos vidros para compor o restaurante não foi à toa. “Escolhemos uma tecnologia de construção para integrar bem ao verde já existente. Fazendo uma conexão do interior com o exterior graças ao vidro”, aponta o arquiteto.
Arquitetos Luiz Dubeux e João Vasconcelos. Foto: Bruna Costa / Esp. DP Foto
A integração também pode ser observada na área externa do ambiente. Com um deck embaixo de uma árvore, a ideia foi mesmo deixar o restaurante mais aconchegante. “Toda a mobília é propícia para essa área e, assim como a parte interna, tem aquele cuidado de ter um contato maior com a natureza”, declara João. Essa característica também é encontrada no material utilizado para compor o restaurante, como é o caso do balcão que é feito que pedras, e as luminárias que são de madeira.

Intimidade
Foto: Bruna Costa / Esp. DP Foto
Outro espaço pensado para exaltar a natureza, mas em um local interno, é a Sala do Vinho dos arquitetos José Roberto Gouveia e Carol Azevedo. “Na verdade são dois lugares, conectados por um corredor em L. Como a casa é tombada, o que não permite nenhuma reforma estrutural, apostamos em artifícios que pudessem modificar bastante o ambiente sem comprometer a casa como papéis de parede, que podem ser encontrados no arco que foi transformado em um futon”, destaca José Roberto.
Foto: Bruna Costa / Esp. DP Foto
A ideia foi transformar para além de uma simples adega. “Queríamos algo aconchegante para não só guardar os vinhos, mas também para convivência. Tem também um cômodo independente para quem quiser um momento mais íntimo e a sós consigo mesmo”, aponta o arquiteto.
Arquitetos Carol Azevedo e José Roberto Gouveia. Foto: Bruna Costa / Esp. DP Foto
Com um visual mais clean e com a proposta de maximizar o espaço, a aposta nas obras de arte foram poucas e pontuais. Entre as características apostadas pelos arquitetos estão a mescla de materiais. “Investimos em materiais mais leves como o acrílico, em contraposição à madeira da adega. Cores mais claras nas paredes e o chão com um piso que simula o desgaste, com uma pegada mais rústica. A iluminação foi algo mais pontual e com um toque de divertimento”, finaliza.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Primeira Pessoa com Sam Nóbrega
O esforço de Guilherme e a rede de solidariedade que surgiu
Sobre Vidas: Natanael Ramos e Gil Sormany
Salão de Tóquio: Mitsubishi 2020
Grupo Diario de Pernambuco