cinema Após 7 anos em obras, Cinema da UFPE divulga data de inauguração

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 07/10/2019 12:18 Atualizado em: 07/10/2019 13:21

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

O Recife ganhará mais uma sala de exibição de filmes a partir desta quarta-feira (9), com a inauguração do Cinema da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), localizado no bloco B do Centro de Convenções da instituição. A sessão de estreia será às 18h, aberta ao público (sujeita a lotação da sala) e contará com a presença do reitor da Universidade, Anísio Brasileiro. A programação de abertura ainda está sendo elaborada e será divulgada em breve.

O projeto foi batizado de Cinema da UFPE e começou a ser elaborado em 2012 pelo professor Paulo Cunha. “É um sonho que demorou quase oito anos para acontecer, enfrentou tempestades terríveis. Mas era uma ideia bela demais para naufragar. Chegamos agora no momento de começar a operar”, afirma. 

“O nosso cinema vem somar às demais salas públicas de Pernambuco, como as salas do Derby e de Casa Forte do Cinema da Fundação e o São Luiz”, explica Anísio Brasileiro, reitor da UFPE. Estão previstas também sessões acessíveis com filmes nacionais com Libras, LSE e audiodescrição, em parceria com o projeto Alumiar, do Cinema da Fundação. Assim como as Sessões Cinemateca, com filmes antigos, em parceria com a Cinemateca Pernambucana.


De acordo com a professora Mannuela Costa, coordenadora do projeto, o cinema terá caráter público. "A proposta é que o cinema seja capaz de se pautar por aquilo que há de melhor na produção audiovisual, e queremos muito ser uma alternativa de qualidade aos cinemas comerciais”.

 

A sala conta com 178 lugares, incluindo lugares para cadeirantes e obesos, e projeção DCP 4K, com som Dolby 5x1, preparada para exibir filmes em 2D e 3D. As exibições regulares acontecerão a partir do dia 7 de novembro, com duas sessões diárias, de terça a sábado, e passará a três sessões até o fim do ano. Os ingressos custarão R$ 14 (inteira), R$ 7 (meia) e R$ 6 (estudantes, professores e técnicos da UFPE).

 

O Cinema da UFPE teve um custo aproximado de R$ 3,5 milhões, bancados com recursos próprios da universidade. Administrado em parceria com a FADE-UFPE, o desafio da sala é ser autossustentável e para isso serão cobrados ingressos. As sessões de acessibilidade comunicacional e as sessões de formação de plateia serão gratuitas.  



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas