'Tentativa de censurar a minha arte', diz ator vítima de pedrada durante espetáculo no Recife

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 27/09/2019 13:40 Atualizado em: 27/09/2019 14:10

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
O ator José Neto Barbosa foi alvo de uma pedrada na última terça (24), durante a apresentação de seu monólogo A Mulher Monstro, encenado no Sesc Piedade, em Jaboatão dos Guararapes. A pedra foi atirada em direção ao rosto do artista, mas atingiu a estrutura metálica do cenário, poupando-o de ferimentos. Neto também relata ter sido alvo de agressões verbais e xingamentos durante toda a performance. O autor da pedrada não foi identificado.

Neto Barbosa é o responsável pela direção, dramaturgia, atuação, cenografia e figurino da obra que parte do conto Creme de Alface, escrito por Caio Fernando Abreu. Em cena, a personagem se inspira na Konga, a mulher enjaulada temida pelos espectadores dos circos nordestinos e é apresentado no formato de tragicomédia com denúncia de expressões e atitudes fundamentalistas.

A narrativa criada em 2015 pela S.E.M. Cia de Teatro, teve roteiro remoludado e sofre adaptações semanais, reunindo críticas ao atual governo do país. No palco, a mulher aprisionada é perseguida pela própria visão intolerante da sociedade, sem saber lidar com as relações pessoais em um cenário de ódio, preconceito e corrupção. A produção também faz críticas a líderes religiosos e ao desrespeito.

"Eu comecei a apresentação normalmente e percebi que um grupo ficou me incitando desde o início, tentando me desinstabilizar com piadas grosseiras. A medida que o espetáculo foi avançando, percebi que os xingamentos aumentaram e passaram para agressões verbais. Uma pessoa, mais alterada, levantou e foi embora. Em seguida, quando ao palco estava com a luz baixa, uma pedra foi jogada em direção a minha cabeça", relata o ator que falou sobre o ocorrido na última quinta (26), em post no Instagram.

De acordo com o ator, a pedra acertou o cenário, a estrutura metálica da jaula em que estava. "Eu me assustei e, pela primeira vez durante a apresentação, eu saí do personagem e perguntei: 'isso é uma pedra?', sem acreditar", conta. Segundo Neto, parte da plateia entrou em sua defesa e, em poucos minutos, o teatro virou uma confusão com várias pessoas brigando entre si. A segurança foi acionada e o espetáculo seguiu normalmente até o fim.

"Olha, não vou mentir que não pensei em desistir. Isso passou pela minha cabeça o tempo inteiro durante a apresentação porque apesar de amar o que eu faço, eu preciso pensar na minha integridade física, na minha segurança", afirma. "Foi uma passagem, grave, humilhante, mas estou há 16 anos nessa trajetória, eu sou artista, eu vivo disso. Parar de me expressar não é uma coisa que vai acontecer".

Confira a nota do Sesc Piedade:

O ator José Neto Barbosa apresentou o espetáculo A Mulher Monstro na lona circense do Sesc Piedade na última terça-feira (24/9). Algumas pessoas da plateia discordaram entre si do enredo da peça e uma delas saiu espontaneamente do local sem retornar. A apresentação continuou normalmente, quando foi ouvido um barulho de pedra e o ator perguntou se estavam atirando pedra nele. No mesmo momento, a produção do Sesc acionou a equipe de seguranças para identificar o ocorrido, prestou o apoio necessário ao artista e verificou que o mesmo não foi ferido, nem a plateia. O espetáculo seguiu, sem interrupções. Ao término da apresentação, a produção do Sesc dirigiu-se até o artista para verificar suas condições de saúde, constatando que ele estava bem fisicamente.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas