IPHAN Fenearte e projeto em Olinda conquistam prêmio nacional

Publicado em: 04/09/2019 22:15 Atualizado em:

Fenearte foi congratulada pela preservação cultural. Crédito: Tarciso Augusto/Esp. DP
Fenearte foi congratulada pela preservação cultural. Crédito: Tarciso Augusto/Esp. DP
Dois projetos pernambucanos foram congratulados no 32º Prêmio Rodrigo de Melo Franco, principal honraria relativa aos patrimônios culturais do país, concedida pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A Fenearte, maior feira de artesanato da América Latina, coordenada pela AD Diper e que, neste ano, chegou à 20ª edição, foi uma das oito vencedoras. Outro trabalho premiado foi o Pinte Seu Patrimônio, iniciativa da Prefeitura de Olinda em parceria com os moradores, que consiste na pintura de fachadas e muros no Sítio Histórico. Cada uma das ações receberá prêmio de R$ 30 mil.

Os trabalhos, voltados para bens de natureza material e ao Patrimônio Cultural Imaterial, foram avaliados por uma comissão formada por 20 profissionais. A Fenearte, na última edição, recebeu mais de cinco mil expositores, distribuídos em 800 espaços. Teve investimento de R$ 5,5 milhões, gerou cerca de 2,5 mil vagas de empregos temporários e movimentou R$ 45 milhões em negócios em 12 dias de evento, no último mês de julho, no Centro de Convenções, em Olinda.

"A Fenearte tem como objetivo valorizar e difundir os saberes tradicionais, estimular o potencial de crescimento dos artesãos e artesãs, funcionando como importante elemento estruturador da cadeia produtiva do artesanato local", afirma Márcia Souto, coordenadora da Fenearte e diretora da AD Diper. 




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas