ESCOLA DE CIRCO Escola Pernambucana de Circo passará por reformas

Publicado em: 02/09/2019 09:42 Atualizado em: 02/09/2019 10:25

Instituição retoma suas atividades na próxima segunda (9). Foto: Divulgação
Instituição retoma suas atividades na próxima segunda (9). Foto: Divulgação
Uma breve pausa nas atividades por uma boa causa. A Escola Pernambucana de Circo conta com o apoio do Criança Esperança, projeto do qual a instituição faz parte, para fazer uma reforma em sua sede no bairro da Macaxeira. O objetivo é adaptar os banheiros para permitir mais acessibilidade a pessoas com mobilidade restrita além de atualizar a pintura das dependências internas e da fachada. O prazo de retorno das atividades é no dia 9 de setembro. Enquanto isso, os artistas da Trupe Circus treinam ao ar livro enquanto as aulas para crianças e adolescentes estão suspensas.

A Escola Pernambucana de Circo (EPC) surgiu no ano de 1996 com a missão de promover a inclusão de crianças, adolescentes e jovens das classes populares por meio das artes, especificamente o circo, fortalecendo a identidade cultural, o vínculo social e os valores da cidadania. A Escola existe há 23 anos e possui um trabalho consolidado de atendimento a mais de 100 crianças, adolescentes e jovens.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas