ÍCONE FRANCÊS Brigitte Bardot celebra 85 anos de vida

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 28/09/2019 16:22 Atualizado em:

Foto: STEPHANE DE SAKUTIN/AFP
Foto: STEPHANE DE SAKUTIN/AFP
Brigitte Bardot, ou simplesmente BB, como era conhecida, foi uma atriz e cantora francesa dos anos 1950 e 1960. Brigitte, que também era modelo, foi considerada um dos maiores símbolos sexuais da época, se consolidando como um ícone de popularidade da década de 60.

Lançado em 1956,  'E Deus Criou a Mulher', dirigido por Roger Vadim, primeiro marido da atriz, levou a sua ascensão como de estrela de cinema. A divulgação do filme no Brasil prometia “Brigitte Bardot no mais audacioso filme dos últimos tempos”.

Na música, seu disco 'The Best of Bardot', lançado em 2004, trouxe sua voz às novas gerações. 'Je T’Aime… Moi Non Plus' é uma das faixas mais conhecidas da obra.

Em 1973, BB anunciou a aposentadoria. Desde então, se dedica a causa animal. Em seu livro de memórias, Larmes de combat (Lágrimas de combate), ela escreve sobre sua luta pelos direitos dos animais, a criação de uma fundação que busce protegê-los e denuncia a caça, os zoológicos, o uso de pele e o consumo de carne de cavalo. Brigitte abriga animais resgatados em sua casa em Saint-Tropez. Segundo ela, eles são sua “família próxima”

A francesa também é conhecida por suas polêmicas. Já foi multada por preconceito, após criticar rituais islâmicos, e declarou voto na extrema-direita durante as eleições. Recentemente, questionada sobre o movimento #MeToo, em entrevista à revista Paris Match, Brigitte Bardot argumentou: "Em relação a essas atrizes, e não às mulheres em geral, é, na maioria dos casos, hipócrita, ridículo, sem interesse. Isso toma o lugar de assuntos importantes que poderiam ser discutidos".

Ela alegou que muitas atrizes seduzem os produtores para conseguir papéis, e "depois, para chamar a atenção, elas dizem que foram assediadas. Na verdade, mais do que beneficiá-las, isso as prejudica"



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas