Projeto artístico no Recife propõe um outro jeito de viver a velhice

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 02/08/2019 14:56 Atualizado em:

Foto: Jonas Araújo/Divulgação
Foto: Jonas Araújo/Divulgação
Há oito anos trabalhando com um grupo de teatro formado por idosos, a arte-educadora Emanuella de Jesus desenvolveu o projeto Envelhecimento Criativo, um programa de trabalho com cursos, oficinas e palestras, que tem início neste sábado (3), às 19h, no Teatro Hermilo Borba Filho. 

Haverá a exibição do documentário em curta-metragem Velhice em cena – O teatro na Idade da Liberdade, que registra o fazer teatral com oito alunos de 61 a 94 anos, e mesa de conversa sobre A reinvenção da velhice no século 21, que reunirá a arte-educadora, a médica geriatra Danielle Marinho, o psicólogo e pedagogo Edson Lima e o arte-educador Anderson Damião, com a mediação da gestora cultural Rita Marize.

"Envelhecer está carregado de coisa negativa, e isso está dentro do nosso inconsciente – eu, às vezes, 'me pego' não sabendo lidar, porque a gente entra numa paranoia social. Mas porque envelhecer não pode ser bacana? A velhice, eu acredito, é um resultado de tudo o que se faz na vida, então como desenvolver estratégias criativas para envelhecer bem?", provoca Emanuella de Jesus.

SERVIÇO
Lançamento do programa de trabalho Envelhecimento Criativo
Quando: sábado, dia 3 de agosto, às 19h
Onde: Teatro Hermilo Borba (Cais do Apolo, 142, Bairro do Recife) Ingresso: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada), à venda no site da Sympla:

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas