Artes visuais Fotógrafo pernambucano promove caravana de obras no Sertão do estado

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 19/08/2019 14:18 Atualizado em: 19/08/2019 14:24

Proibição da carroça no Recife é tema de uma das fotos. Foto: Jonathas de Andrade/Divulgação
Proibição da carroça no Recife é tema de uma das fotos. Foto: Jonathas de Andrade/Divulgação
Ligado à raízes e estudos sobre a cultura nordestina, o artista visual e fotógrafo Jonathas de Andrade lança nesta segunda, às 19h, no Sesc Petrolina, no Sertão de Pernambuco, a primeira etapa de sua exposição itinerante Caravana Museu do Homem do Nordeste, com visita guiada pelo autor. A mostra ficará em cartaz no local até 11 de outubro e tem entrada gratuita. Em seguida, a mostra segue para Garanhuns, em novembro, e Goiana, em março de 2020.

O título, que remete ao museu recifense, provoca a criação de um novo espaço de memórias dos moradores da região. Nas instalações fotográficas e audiovisuais, as dez obras selecionadas ref letem sobre a imagem atual do nordestino, além de levantar questões como educação, trabalho e disputa rural-urbana.

"Em meus trabalhos procuro reunir o tanto de inspiração que carrego desta cultura e sua poesia cotidiana, bem como os embaraços das complexas histórias que tanto marcam o caráter da experiência de ser brasileiro", diz o alagoano radicado em Pernambuco, que já expôs nos EUA, Coreia do Sul, México, Egito e França.

As questões de raça e classe discutidas por Gilberto Freyre ganharam novo olhar por Jonathas e desaguaram na obra 1ª Corrida de Carroças do Centro do Recife / O levante, que versa sobre a luta contra a proibição da carroça na capital. ABC da cana e 40 nego bom é um real estão entre as imagens de destaque na exposição.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas