Música Após hemorragia cerebral, Almir Rouche recebe alta sem sequelas

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 02/08/2019 12:43 Atualizado em: 02/08/2019 12:44

Foto: Blenda Souto Maior/DP
Foto: Blenda Souto Maior/DP

O cantor Almir Rouche, 50, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Joana, Zona Norte do Recife, na manhã desta sexta-feira (2). O pernambucano, conhecido por seu repertório de frevo, foi internado após passar mal e desmaiar no dia 22 de julho. Ele sofreu uma hemorragia cerebral por ruptura de aneurisma, mas teve recuperação na última semana e não apresenta sequelas. De acordo com a assessoria de imprensa, o artista já está a caminho de casa e deve tirar um período de repouso.

O médico neurointervencionista Carlos Abath, responsável por realizar o procedimento de cateterismo cerebral, afirmou que a recuperação do cantor foi plena. Almir agora será acompanhado em consultório, estando prevista uma Angiografia Cerebral de Controle após três meses, como é de praxe nesses casos.

"Almir se cuida muito. Acorda cedo, bate pelada, bastante ativo e sem hipertensão, por isso nos pegou de surpresa", comentou o produtor do cantor pernambucano Carlos Ferraz, em coletiva de imprensa no dia 26 de julho. 

O aneurisma cerebral é uma dilatação que se forma na parede enfraquecida de uma artéria do cérebro. A pressão normal do sangue dentro da artéria força essa região menos resistente e dá origem a uma espécie de bexiga que pode ir crescendo lenta e progressivamente.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas