Música Rezenha do Mumu traz roda de samba ao pôr do sol em Pernambuco

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 13/07/2019 12:35 Atualizado em:

Foto: Mumuzinho/Divulgação
Foto: Mumuzinho/Divulgação
Pernambuco é o primeiro estado do Nordeste a receber o projeto Resenha do Mumu, realizado pelo cantor carioca Mumuzinho e vários convidados no Centro de Convenções, em Olinda, neste domingo (14) a partir das 16h. Popular no Rio de Janeiro, cidade natal do artista, o evento aposta em ambiente descontraído, durante o pôr do sol, com uma rosa de samba que agrega o intérprete e amigos. A abertura ficará por conta de Taiguara Borges, revelação pernambucana de samba autoral, que comanda uma roda com os também locais Tuca Barros e Sambar & Love, grupo que tem tocado o samba das noites recifenses. 

No segundo momento, Mumuzinho sobe ao palco com uma nova roda formada por artistas do eixo cultural Rio de Janeiro-São Paulo. São eles: Grupo Clareou, conhecido por sucessos como A Carne É Fraca, e Netinho de Paula, dono de hits como Cohab City e Beijo geladinho. Esses nomes foram revelados pela produção do cantor aos poucos, aumentando as expectativas dos pagodeiros. O evento ainda terá mais uma atração, que está sendo mantida em segredo. O DJ Pedro Bernadino encerra a edição. 

Atualmente, Mumuzinho lançou sucessos como Fulminante (25 milhões de visualizações). Na internet, seu maior hit é um pout pourri de Mande um sinal de Mande Um Sinal / Calma / Dom De Sonhar, com 90 milhões de acessos no YouTube. Márcio da Costa Batista (nome de batismo) iniciou a carreira no ano de 2007, mas só começou a alcançar o sucesso no começo da década de 2010. Aos 29 anos, o jovem do bairro de Magalhães Bastos, também mantém uma carreira de ator. Participou de sucessos de bilhteria e crítica do cinema nacional, como como Tropa de elite (2008) e Cidade de Deus (2002).

SERVIÇO
Resenha do Mumu 
Onde: Área Anexa do Centro de Convenções (Avenida Olinda, 638 - 853, Santa Tereza)
Quando: neste domingo, a partir das 16h
Quanto: R$ 160 (pista premium), R$ 80 (meia), R$ 85 (meia social), à venda na Bilheteria Digital


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas