Negritude Exposição Banzo aporta em museu da Zona Norte do Recife

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 10/07/2019 14:36 Atualizado em: 10/07/2019 15:26

A exposição está na segunda edição. Foto: Divulgação
A exposição está na segunda edição. Foto: Divulgação

O Museu Murillo La Greca, no bairro do Parnamirim, na Zona Norte do Recife, recebe entre os dias 11 de julho 7 de agosto, a exposição Banzo, da série performativa Problema e aspirações do negro brasileiro. O trabalho é idealizado pelo artista Thiago Costa e tem o nome inspirado no título de um dos periódicos do A voz da raça, da Frente Negra Brasileira, entre os anos de 1933 e 1937.

A exposição está na segunda edição. A estreia aconteceu e novembro de 2018, no Parque Cultura Casa da Pólvora, em João Pessoa, no estado da Paraíba. O trabalho do artista apresenta uma coletânea de obras feitas nos últimos anos e produzidas a partir dos espaços por onde passou. Ela se mostra como uma uma constelação de sentidos, suspiros, respostas e perguntas. “A intenção é pesquisar a história do Brasil com uma perspectiva decolonial e produzir traçados e trajetos com a sua própria história, explorando linguagens artísticas e meios de comunicação”. 

O trabalho é objetivado na reconstrução da história a partir de um ponto decolonial. Foto: Divulgação
O trabalho é objetivado na reconstrução da história a partir de um ponto decolonial. Foto: Divulgação

De acordo com o artista, 'Banzo' é uma palavra de origem na língua quicongo, que significa pensamento e lembrança (Mbanzu). Já no quimbundo, mbonzo quer dizer saudade, paixão e mágoa. “Na exposição, trazemos um novo olhar sobre esses sentimentos. Uma ressignificação de cura, onde essa palavra sai da subjetividade das dores e ocupa um novo espaço de reconexão de criação com o ancestral, esse banzo revisitado, parte do desejo de criar relações entre o novo e o velho, digestões dos resquícios decoloniais, negando a marginalidade imposta nos processos das práticas cotidianos e das
tradições da população negra e indígena". 

Thiago Costa é graduando em Design Gráfico e Artes Visuais. Foto: Divulgação
Thiago Costa é graduando em Design Gráfico e Artes Visuais. Foto: Divulgação

Thiago Costa é graduando em Design Gráfico e Artes Visuais. Um artista multimídia que tem seu trabalho objetivado na reconstrução da história a partir de um ponto decolonial, fazendo contrapontos com a suas próprias histórias. A arte dele utiliza as memórias ancestrais. Elas abordam a beleza, o poder, a força e a resistência da cultura afro-brasileira e diaspórica. 
 
Uma programação especial foi preparada para o primeiro dia da exposição. Haverá a apresentação do espetáculo “Étá: Oyá Tundê”, da dançarina e coreógrafa Helayne Sampaio, e também uma discotecagem da DJ Milena Cinismo, que é residente e produtora da BATEKO REC (Recife).  

SERVIÇO
Exposição Banzo
Onde: Museu Lá Greca (Rua Leonardo Bezerra Cavalcante, 366 - Parnamirim)
Quanto: Gratuita
Informações: (83) 99602-8535



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas