Música Bons Sons: Soundgarden homenageia Cornell com álbum póstumo ao vivo

Por: Gabriel Trigueiro

Publicado em: 28/07/2019 08:00 Atualizado em:

Live from the Artists Den repassa carreira da banda em show de duas horas e meia
Live from the Artists Den repassa carreira da banda em show de duas horas e meia

Pouco mais de dois anos após a chocante morte de um dos principais artífices do grunge, os fãs do Soundgarden podem saciar um pouco da saudade do cantor e guitarrista Chris Cornell com um lançamento póstumo de fôlego. Live from the Artists Den, que chegou na sexta-feira aos serviços de streaming - e também às lojas físicas e virtuais em formatos de CD duplo ou LP quádruplo - registra apresentação gravada pelo Soundgarden em 2012, para a sexta temporada do programa de TV da rede pública americana PBS.   

setlist de 2h26m e 29 canções deve agradar tanto iniciados quanto gente que curte a banda de forma mais superficial, já que Cornell e seus companheiros, que haviam reativado o grupo três anos antes daquele show, decidiram não priorizar os hits, mesclando pouquíssimos clássicos - a exemplo de Spoonman e Outshined - com muitas canções menos conhecidas. A nota triste é que o vocalista, um dos mais talentosos e técnicos de sua geração, não entrega nesse ao vivo uma performance à altura do que era capaz em suas melhores noites com o próprio Soundgarden, as outras duas bandas de que participou (Audioslave e Temple of the Dog) ou mesmo na carreira solo.

omo um Cornell não muito inspirado ainda cantava melhor que 90% dos outros vocalistas, Live from the Artists Den não deixa de ser um registro valioso de uma carreira que terminou de forma precoce e abrupta.

 

+ Lançamentos

 

Uma coleção sólida de 20 canções

Inspirada por um vasto espectro de influências que vão da música do inglês David Bowie ao cinema do espanhol Pedro Almodovar, a cantora americana Rebecca Pidgeon lançou na sexta-feira o álbum Sudden exposure of light, ótima surpresa na cena pop neste fim de década.

 

O pop do fim do mundo

Fever dream é o elogiado terceiro disco da banda islandesa Of Monsters and Men, que abandona o folk em favor de uma sonoridade mais contemporânea. 

 

Um caldeirão dejazz e rap

Nascido nos EUA, criado na Índia e influenciado pela cena de Londres, Sarathy Kowar acaba de apresentar More arriving, que traz uma mistura instigante de rap e jazz.

 

A décima vez do Violent Femmes

Hotel Last Resort, décimo álbum de uma das mais importantes bandas da cena alternativa nos últimos 35 anos, mantém o folk, o tom crítico  e o humor como marcas. 

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas