Artes visuais Ateliê recifense homenageia mulheres em peças expostas na Fenearte 2019

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 02/07/2019 12:31 Atualizado em: 02/07/2019 13:27

Foto: Espaço Arteiras/Divulgação
Foto: Espaço Arteiras/Divulgação
O Espaço Arteiras, formado pelas artistas visuais Tereza Goular, Guida Marques e Rosa Pandolfi, participa pela terceira vez da Feira Nacional de Negócios do Artesanato, a Fenearte, realizada de 3 a 14 de julho de 2019, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Para o evento, o alitê preparou "pequenas jardineiras", bonecas de cerâmica com corpo feminino que possuem espaço para mudas de plantas. Todas feitas à mão, de uma a uma, as peças apostam na delicadeza e no colorido.

O ateliê foi formado em 2012, após a graduação das pernambucanas na AESO-Barros Melo. No espaço, utilizam a argila para confecção de peças cerâmicas. Guida Marques, que participa da Fenearte 2019, também executa esculturas de concreto e resina com pó de calcário, que são peças de grandes dimensões, dedicadas à utilização em fachadas de prédios.

"Hoje, me defino como artista plástica, ceramista e escultora”, declara. "Eu acho que, a partir da mente da mulher, florescem coisas boas, sentimentos importantes para a humanidade inteira. A mulher é linda, poderosa, empoderada e tem esse dom. Elas que inspiraram a criação das peças". 

Considerada a maior feira de artesanato da América Latina, a 20ª edição da Fenearte homenageia Mestre Baracho, falecido em 1988; Dona Duda e Lia de Itamaracá, todos precursores da Ciranda em nosso Estado, tradição cultural que reforça a identidade, a memória coletiva e o pertencimento dos pernambucanos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas