Cinema Após 15 anos, comédia As Branquelas ganhará continuação

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 02/07/2019 13:02 Atualizado em:

Foto: Columbia Pictures/Divulgação
Foto: Columbia Pictures/Divulgação

O filme As branquelas (2004) se tornou uma das comédias norte-americanas mais memoráveis da década passada. Nesta semana, 15 anos após a exibição nos cinemas, o ator Terry Crews (que interpretou o personagem Latrell Spencer) confirmou que uma continuação está sendo produzida. A revelação foi feita durante uma entrevista ao programa Watch what happens live with Andy Cohen, no canal estadunidense Bravo TV.

"Terry, você ouviu algo sobre a sequência de As branquelas com os irmãos Wayans?" questionou uma fã por telefone, durante a exibição da atração. “Na verdade, eu estive com o Shawn [Wayans] e ele está tipo 'cara, nós estamos fazendo isso'”, afirmou Crews. Em seguida, ele ainda brincou: "O filme foi lançado 15 anos atrás! Estou me mantendo em forma apenas para este filme! Estou esperando há 15 anos para fazer As Branquelas 2".

Com o título original White chicks, o filme foi dirigido e co-escrito por Keenen Ivory Wayans, sendo lançado nos Estados Unidos em 23 de junho de 2004. Estrelado por Shawn Wayans e Marlon Wayans (irmãos de Keenen), a comédia acompanha Kevin Copeland e Marcus Copeland, uma dupla de irmãos que trabalham como agentes para o FBI e são incumbidos de proteger duas socialites brancas de uma provável atentado. Ao longo da história, eles acabam se disfarçando como elas próprias para realizar tal missão, mesmo sendo negros.

Produzido pela Revolution Studios e distribuído pela Columbia Pictures, o longa-metragem foi recebido com críticas negativas, embora tenha tido um moderado sucesso de receita arrecadando mais de 113 milhões de dólares em todo o mundo, contra um orçamento de 37 milhões. No Brasil, caiu no gosto do público, principalmente após o lançamento em DVD. Até hoje as frases são citadas nas redes sociais, algumas servindo até mesmo como memes.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas