Panela do Jazz divulga atrações do festival gratuito

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 18/06/2019 21:00 Atualizado em: 28/06/2019 18:43

Bia Villa-Chan e Bráulio Araújo
Foto: Divulgação
Bia Villa-Chan e Bráulio Araújo Foto: Divulgação

O Festival Panela do Jazz divulgou nesta terça-feira a programação da sua segunda edição, no dia 6 de julho (sábado), a partir das 14h. O evento, gratuito, terá shows de Mongiovi Trio, Bia Villa-Chan com Bráulio Araújo, Di Stéffano Quarteto, Orquestra Quebramar e Luciano Magno com participação especial do sanfoneiro Cezzinha. O palco será montado em frente à Igreja de Nossa Senhora da Saúde, no Poço da Panela, Zona Norte do Recife, e a expectativa é de atrair cerca de dez mil pessoas.

O evento tem o objetivo de fortalecer a música instrumental pernambucana e aliar som com arte e gastronomia. Inclusive, o festival foi ampliado com a integração da Feira Livre do Poço, onde serão comercializados em 65 barracas produtos alimentícios diversos, artigos de moda e acessórios artesanais de produtores locais e regionais.

Quanto à programação musical, o guitarrista, compositor e pesquisador Angelo Mongiovi leva ao palco o concerto do Mongiovi Trio, com temas autorais do seu último álbum, Porto (2015), e músicas inéditas. A multi-instrumentista recifense Bia Villa-Chan recebe o contrabaixista Bráulio Araújo para uma apresentação com releituras instrumentais do cancioneiro popular brasileiro, além de trabalhos do álbum mais recente, GiraSons. Companheiro de nomes como Dominguinhos, Geraldo Azevedo e João Donato, o veterano Di Stéffano apresenta repertório de samba-jazz e afro-jazz.

A Orquestra Quebramar, vencedora do Prêmio da Música de Pernambuco deste ano na categoria Melhor Álbum de Música Instrumental, com o disco de estreia, Quebramar, traz releituras de clássicos do frevo com influência do jazz e da africanidade presentes na obra do maestro pernambucano Moacir Santos. Quem encerra a programação é Luciano Magno. O versátil guitarrista faz uma dobradinha com o sanfoneiro Cezzinha no palco.

“Um dos focos é valorizar a riqueza da cultura pernambucana, através do improviso presente em sua musicalidade instrumental, que dialoga diretamente com a nossa assinatura artística”, afirma o idealizador e diretor-geral do Panela do Jazz, Antonio Pinheiro.

SERVIÇO

2ª Edição do Panela no Jazz

Atrações: Mongiovi Trio, Bia Villa-Chan & Bráulio Araújo, Di Stéffano Quarteto, Orquestra Quebramar e Luciano Magno com participação de Cezzinha
Quando: 6 de julho, a partir das 14h
Onde: em frente à Igreja de Nossa Senhora da Saúde (final da Estrada Real do Poço, Poço da Panela)
Quanto: gratuito
InformaçõesPanela do Jazz 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas