Cobertura FIG 2018: Cordel dedica a música Liberdade à atriz trans vetada do festival Banda retoma atividades após oito anos de pausa e divulga repertório do disco Viagem Ao Coração do Sol

Por: Marina Simões - Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/07/2018 10:11 Atualizado em:

Cordel anima público na primeira noite de shows no Palco Mestre Dominguinhos. Foto: Fundarpe/Divulgação
Cordel anima público na primeira noite de shows no Palco Mestre Dominguinhos. Foto: Fundarpe/Divulgação


O show de retorno da banda Cordel do Fogo Encantado ao Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) encantou o público na primeira noite de shows, nesta sexta-feira (20), no Palco Mestre Domiguinhos (Praça Guadalajara). Após pausa de oito anos, o grupo fundado em Arcoverde retomou as atividades com a turnê Viagem Ao Coração do Sol, divulgando repertório do disco lançado em abril.

No palco, Lirinha (voz e pandeiro), Clayton Barros (violão e voz), Emerson Calado  (percussão e voz), Nego Henrique (percussão e voz) e Rafa Almeida (percussão e voz) se reencontraram para apresentar as canções do quarto álbum da carreira composto por 13 faixas. O cantor Lira dedicou a canção Liberdade, A Filha do Vento à atriz Renata Carvalho, mulher trans que interpreta Jesus na peça O evangelho segundo Jesus, rainha do céu. A montagem vem sendo alvo de críticas e foi vetada da programação oficial do FIG pelo prefeito de Garanhuns Izaías Régis. O espetáculo será realizado no dia 27 de julho, através de um financiamento coletivo realizado na internet, mas o local ainda não foi divulgado pela produção. 

Nos bastidores, Lirinha comentou a alegria de retornar aos palcos e a necessidade de clamar pela liberdade de expressão. "Desde o primeiro momento, senti muita falta e muita saudade. Tinha muito desejo que esse reencontro acontecesse. As coisas se transformam e estamos juntos novamente. Nunca deixamos de estar juntos, tanto na ideia de mundo e de música”, afirmou. "A gente volta no momento perfeito, importante e necessário. Nesse momento de intolerância trazemos músicas para combater a desesperança. Como dizemos na música: 'chegou a hora de raiar'. Estamos acorrentados por todos os lados. O grande desafio das novas gerações é transformar os conceitos da liberdade em algo do nosso dia a dia, das relações e colocar em prática em ações de amor", completou. O repertório do show também foi marcado pelos principais sucessos da banda como Chover, Ai se sêsse e O amor é filme.

Em noite dedicada à cultura popular, com termômetros marcando 14º, o palco principal do FIG recebeu shows da Golden Hits Orquestra, Anderson do Pife e Banda do Pífano Zé do Estado e Orquestra Santa Massa. Outro destaque foi o show de Siba e a Fuloresta. O cantor Siba apresentou ao público o mestre Anderson Miguel, jovem de 22 anos, nascido em Nazaré da Mata. Apadrinhado e produzido por Siba, Anderson divulga o novo disco Sonorosa, com participação de Juçara Marçal e Jorge du Peixe, que imprime nova sonoridade ao folguedo popular.

No encerramento do show, Siba usou o microfone para sugerir que após festividades públicas, como Festival de Garanhuns, o governo divulgue em outdoor a contagem dos meses para a realização do pagamento dos cachês dos artistas. "Para que a população possa acompanhar essa distribuição da verba, que às vezes demora meses para chegar nas mãos de quem está no palco”, apontou, alegando não ter recebido pagamento referente ao carnaval. "Principalmente os artistas da cultura popular, que somos os últimos dos últimos a receberem. Fica a dica para melhorar essa situação aí", finalizou. 

Assista:


Confira a programação do Palco Mestre Dominguinhos:

Sábado - 21 de julho
20h – Pablo Moreno
21h – MPBossas - André Rio convida Roberto Menescal e Luciano Magno
22h – Flávio Venturini (MG)
23h – Pedro Luiz canta Luiz Melodia (RJ)

Domingo - 22 de julho
20h – Amanda Back
21h – Aninha Martins
22h - Laila Garin e A Roda (BA)
23h – Rita Benneditto – Tecnomacumba (MA)
0h30 – Vanessa da Mata

Segunda - 23 de julho
20h – Gonzaga Leal e Áurea Martins cantam Dalva de Oliveira – 100 anos
21h – Cristina Amaral canta Nubia Lafayette
22h – Bárbara Eugênia canta Diana (SP)
0h30 – Odair José (RJ)
 
Terça-feira - 24 de julho
20h – Nando Azevedo
21h – Petrúcio Amorim
22h – Fábio Carneirinho
0h30 – Santanna, o Cantador
 
Quarta-feira - 25 de julho
20h – Cafuringa e banda
21h – Camila Yasmine
22h – Paulo Perdigão - Sonoras Batucadas
23h30 – Diogo Nogueira (RJ)
 
Quinta-feira - 26 de julho
20h – Still Living
21h – ÀTTØØXXÁ (BA)
22h20 – Emicida (SP)
23h30 – Nação Zumbi 

Sexta-feira - 27 de julho
20h – Romero Ferro
21h – Coco de Umbigada
22h – Felipe Catto (RS)
23h – Gaby Amarantos (PA)
0h30 – Johnny Hooker

Sábado - 28 de julho
20h – Andrea Amorim 
21h – Renata Arruda (PB) 
22h – Lula Queiroga 
23h – Nova Cena Pernambucana – Juliano Holanda, Aninha Martins, Flaira Ferro, Isaar, Isadora Melo, Martins, Almério, Amaro Freitas e Romero Ferro 
0h30 - Titãs


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas