jornalismo Diario é destaque em ranking de jornalistas Portal que elenca os profissionais com trabalhos reconhecidos aponta repórter Alice de Souza em primeiro lugar no Nordeste

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 12/01/2019 13:07 Atualizado em:

Alice de Souza está em 24º lugar em um ranking com 600 jornalistas de todo o país (Foto: Gabriel Melo / Especial DP)
Alice de Souza está em 24º lugar em um ranking com 600 jornalistas de todo o país (Foto: Gabriel Melo / Especial DP)
A repórter mais premiada da região Nordeste do Brasil, em 2018, é do Diario de Pernambuco. De acordo com o ranking do Portal dos Jornalistas, que elenca os profissionais que mais tiveram trabalhos reconhecidos anualmente, a repórter da editoria de Local Alice de Souza foi a vencedora regional por receber a premiação internacional ESET de Jornalismo de Segurança Cibernética e a nacional da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Alice de Souza divide o pódio com jornalistas do jornal O Povo, do Ceará, e da Gazetaweb, de Alagoas. 

O prêmio ESET, cuja finalidade é reconhecer trabalhos que difundem informações visando a conscientização dos usuários a respeito da segurança digital, foi concedido à reportagem “Mulheres são o principal alvo de agressões e difamações na internet”, publicada no portal do Diario, em julho do ano passado. Produzida no marco das discussões sobre a ampliação da proteção legal das mulheres contra crimes cibernéticos no Brasil, a reportagem foi a vencedora da categoria digital e mostrou que 1% das violências de gênero acontece online. Isso representa 120 mulheres vítimas por dia no país. Concorrendo com trabalhos de toda a América Latina, a publicação venceu ao lado de produções da Colômbia e do Chile.

Já o prêmio Abecip foi concedido à reportagem “Uma vila para chamar de minha”, publicada no jornal impresso, em agosto. A produção narra a história de perseverança e luta de mulheres trabalhadoras domésticas pernambucanas que, em plena década de 1980, iniciaram uma luta por moradia e depois de três anos conseguiram obter êxito, fundando a Vila 27 de Abril. A vitória representou a emancipação local de parte da categoria diante da realidade de moradia na casa de patrões, assim como o fortalecimento das ações coordenadas do Sindicato dos Domésticos de Pernambuco. Entretanto, passados 30 anos da luta, a vila reflete como a população doméstica ainda vive à margem das políticas públicas. Essa foi a quinta vez que Alice de Souza venceu o prêmio Abecip de Jornalismo.

As duas reportagens foram publicadas em função da bolsa de jornalismo concedida pela Rede de Jornalistas Judiciais da América Latina Cosecha Roja, para a qual a repórter foi selecionada. Assim, foram publicadas em português, no Diario, e em espanhol, no site da rede, baseada em Buenos Aires, na Argentina. O ranking +Premiados Jornalistas do Ano é um projeto da Jornalistas Editora e seleciona todos os anos os jornalistas mais premiados do Brasil em duas esferas, a nacional e a regional. Em todo o país, mais de 600 profissionais estão presentes na lista nacional, em que Alice de Souza aparece na 24º posição. Nos anos de 2016 e 2017, a repórter do Diario já tinha alcançado, respectivamente, o terceiro e o segundo lugar no levantamento regional. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas