zona da mata MPF vai vistoriar igreja barroca com obras de restauração paradas Inspeção busca um entendimento para garantir a restauração e requalificação do conjunto arquitetônico da sede da Santa Casa, composto pela igreja e um edifício anexo

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 23/07/2018 15:13 Atualizado em: 23/07/2018 16:09

Foto: Goiana dos Cabloquinhos/Divulgação (Foto: Goiana dos Cabloquinhos/Divulgação)
Foto: Goiana dos Cabloquinhos/Divulgação
O Ministério Público Federal (MPF) vai vistoriar, na quinta-feira (26), a Igreja Nossa Senhora da Misericórdia, que fica no centro de Goiana, Zona da Mata do estado. A inspeção, que será realizada a partir das 10h, busca um entendimento para garantir a restauração e a requalificação do conjunto arquitetônico da sede da Santa Casa, composto pela igreja e um edifício anexo. 

Em 2015, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o município firmaram um acordo de patrocínio no valor de R$ 8,3 milhões para restauração dos prédios. As obras também envolvem a realocação de feira livre, que acontece no entorno do local.

De acordo com as apurações do MPF, o projeto arquitetônico foi aprovado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional (Iphan), mas os repasses do BNDES para o município foram suspensos, pois as obras estão paralisadas desde 2016.  A prefeitura alega que quer rever a necessidade de deslocamento da feira para promover o ordenamento da área.

Para buscar uma resolução conciliatória para o caso, o MPF promoveu uma reunião com as entidades envolvidas (BNDES, Iphan, Santa Casa de Misericórdia de Goyanna e Prefeitura de Goiana), no último dia 9, e fez uma primeira vistoria no local. A vistoria conjunta com todos os envolvidos permite maior celeridade para se chegar a um acordo final que garanta a restauração dos prédios. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas