Confusão PM de Pernambuco é preso no RN após balear um homem em boate em Pipa Os dois homens teriam trocado tiros. O PM também foi baleado, mas passa bem. O outro homem, que é irmão de um agente da Polícia Civil de RN, está internado em Natal

Publicado em: 22/07/2018 14:25 Atualizado em: 22/07/2018 14:38

Um policial militar de Pernambuco está preso no Rio Grande do Norte, sob acusação de ter atirado em um irmão de um agente da policial civil daquele estado. A confusão aconteceu na madrugada deste domingo (22), dentro de uma das boates mais baladas da praia de Pipa, no município de Tibau do Sul, litoral Sul do Rio Grande do Norte. 

Testemunhas contaram que os dois homens teriam discutido e o policial militar pernambucano teria reagido a agressão atirando. O outro homem, que é irmão de um agente da Polícia Civil do RN, foi atingido no abdômen. Seu irmão, que também estava na boate, reagiu disparando contra o PM, que ficou baleado na perna. 

O irmão do agente do RN está internado em estado grave no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal. O PM pernambucano baleado na perna foi socorrido e já recebeu alta. Autuado em flagrante na Central de Flagrantes de Natal, neste momento, ele aguarda a audiência de Custódia.

A Assessoria de Comunicação Social da Polícia Militar do Rio Grande do Norte informou que já comunicou o fato à corporação em Pernambuco. O PM permanece detido no Quartel do Comando Geral da PM do RN. A Polícia não divulgou a identidade dos envolvidos na briga. A PM de Pernambuco informou que está acompanhando o caso. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas