• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Domingos Um novo (e inusitado) esporte no Recife Antigo PoloBike é praticado com bicicletas ao invés de cavalos

Por: Rochelli Dantas - Diario de Pernambuco

Publicado em: 26/07/2015 20:58 Atualizado em:

Grupo de amigos topou a iniciativa, mesmo com a falta de estrutura. Fotos: Paulo Paiva/DP
Grupo de amigos topou a iniciativa, mesmo com a falta de estrutura. Fotos: Paulo Paiva/DP


O Recife Antigo de Coração agora conta com mais um esporte: o Bike Polo. Inspirado no Polo, a partida é realizada com bicicletas substituindo cavalos e os competidores devem marcar gols golpeando, com um taco, uma pequena bola. O espaço reservado para o esporte ficou localizado na Avenida Marquês de Olinda, porém, a Prefeitura do Recife não disponibilizou o tapume, necessário para que a bola não corresse para as canaletas da rua. O problema limitou a prática do esporte neste fim de semana. Mesmo assim, quatro ciclistas amigos aderiram à nova prática.

A secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Recife, responsável pela organização do evento, disse que a solicitação deste material foi realizada em cima da hora e por isso o pedido não foi acatado. A promessa é de que, na próxima edição do projeto, no último final de semana de agosto, a demanda seja atendida.

A falta da estrutura não impossibilitou a prática do esporte. “Eu pratico este esporte desde 2013. A inserção no Recife Antigo de Coração será ótimo porque este é um esporte que precisa de uma certa estrutura, de um espaço e, hoje, não temos”, contou a enfermeira Ana Claudia de Barros, 41 anos, integrante do time feminino Bike Polo Casamiga. Ana praticava o esporte junto com a designer Cristiana Lacerda, 36 anos.

A arquiteta Patrícia Quintella, 34 anos, integrante do mesmo time, explicou que, antes, elas treinavam na vila Vintém, no bairro da Torre, porém, o horário disponível (às 19h do domingo) impossibilitava muita gente. “Foi daí que surgiu a ideia de tentarmos esse espaço junto à prefeitura. O que estamos batalhando é ter uma estrutura não apenas no último domingo do mês, mas toda semana, como acontece com o basquete”, afirmou. Patrícia também é integrante do time Bike Polo Casamiga e foi quem solicitou a inclusão do esporte na programação do Recife Antigo de Coração.

Prefeitura do Recife prometeu uma estrutura melhor para os praticantes na edição de agosto do projeto
Prefeitura do Recife prometeu uma estrutura melhor para os praticantes na edição de agosto do projeto


Mesmo sem a estrutura completa, o esporte chamou a atenção de alguns ciclistas, como o advogado Dmitri Assis Ramos, 26 anos. Ele viu nas redes sociais que neste fim de semana haveria a prática do esporte no Recife Antigo e decidiu ir até o local para conhecer. “Nunca tinha jogado e decidi vir conhecer. Me surpreendi. É muito legal e difícil de jogar. Se tiver todo final de semana, a tendência é lotar”, disse. Esta foi a 29ª edição do projeto Recife Antigo de Coração, realizado no último final de semana de cada mês.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas