Diario no Sertão Cachoeira do Pinga seduz visitantes de Triunfo Ela está localizada a 9km do centro da cidade e disputa positivamente o título de primeira maravilha do município com o Bico do Papagaio

Por: Samuel Calado - Redes Sociais

Publicado em: 17/04/2019 10:00 Atualizado em: 17/04/2019 20:51

A terceira e mais alta queda mede aproximadamente 68 metros de altura. Foto: Chico Andrade/SeturPE
A terceira e mais alta queda mede aproximadamente 68 metros de altura. Foto: Chico Andrade/SeturPE

A cidade de Triunfo, no Sertão Pernambucano, é bastante visitada pelo clima atípico. O município fica a 423 quilômetros do Recife e é agraciado com oito cachoeiras, por isso, é batizado como "O oásis do Sertão". Uma delas, a do Pinga, é considerada uma das mais altas do Nordeste e mede aproximadamente 80 metros de altura. Ela está localizada a 6km do centro da cidade e disputa positivamente o título de primeira maravilha do município com o Pico do Papagaio, outro ponto turístico. O acesso até o local é por uma estrada empedrada. logo, recomenda-se dirigir devagar, principalmente se o carro for pequeno, mas se preferir o visitante pode optar pela visita guiada. 

Visão panorâmica das serras triunfenses. Foto: Samuel Calado/DP
Visão panorâmica das serras triunfenses. Foto: Samuel Calado/DP

A Cachoeira do Pinga é uma grota, pois trata-se de um conjunto de três quedas. A primeira mede dois metros de altura, a segunda oito e a terceira 68. O pesquisador Laydson Santos, da Triunfo Turismo, conta que ela recebeu este nome devido ao fluxo de água que altera bastante no período de estiagem. “Tem épocas do ano em que é possível ver apenas uns pingos descendo da grota, por este motivo ela foi batizada assim”, explica. Além do som relaxante e do banho revigorante, é possível apreciar uma “senhora” visão panorâmica das serras triunfenses. 


É possível se banhar na segunda cachoeira, que tem oito metros de altura. Foto: Chico Andrade/SeturPE
É possível se banhar na segunda cachoeira, que tem oito metros de altura. Foto: Chico Andrade/SeturPE

Quem opta pela visita conduzida, pode aproveitar o roteiro pelos engenhos no entorno, como conta Laydson. “Geralmente incluímos a cachoeira no roteiro dos engenhos, mas temos mais de 15 opções. O que não falta é lugar para conhecer”, explica o profissional. A Triunfo Turismo surgiu há dois anos e se firmou como a única da região a oferecer várias opções de roteiro. O grupo utiliza o veículo Chevrolet Veraneio, ano 1990, que acomoda até nove pessoas. “A cidade é um paraíso com várias opções de lazer. Isso para mim não é trabalho, mas um presente que ofereço a todos os visitantes que chegam”, acrescenta.  

Plano geral da terceira e mais alta cachoeira. Foto: Chico Andrade/SeturPE
Plano geral da terceira e mais alta cachoeira. Foto: Chico Andrade/SeturPE

Por questão de segurança e preservação, não é permitido o banho na terceira e mais alta rebentação. Contudo, é possível tirar belas fotos e aproveitar a queda d’água da segunda. Geralmente, as pessoas ficam deitadas nas pedras do entorno dela lendo livro ou até mesmo cochilando. Além do Pinga, são aproveitadas pelo turismo também a do Grito, do Dantas e dos Tunicos. Para visitar o espaço é necessário pagar uma taxa de R$ 2,00. 
Mais informações podem ser obtidas através do número 87 999513076. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas