• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Viagem » Com novo voo direto para Miami, Pernambuco quer atrair mais turistas norte-americanos Apesar de queda de 15% no número de visitantes norte-americanos, turistas dos EUA ainda estão entre os três mais frequentes no estado

Fred Figueiroa

Publicação: 26/09/2016 12:16 Atualização: 26/09/2016 12:50

De janeiro a agosto deste ano, Pernambuco recebeu 10,6 mil turistas norte-americanos. Números devem aumentar com voo direto. Foto: Miami Skyline/Divulgação
De janeiro a agosto deste ano, Pernambuco recebeu 10,6 mil turistas norte-americanos. Números devem aumentar com voo direto. Foto: Miami Skyline/Divulgação

Ir e vir. Dois dias depois do voo inaugural Recife-Miami, que passa a ser operado todos os sábados pela Latam, a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer iniciou ontem uma série de ações focada estrategicamente no "vir". Mais do que trazer os pernambucanos e nordestinos de volta pra casa, "o grande desafio é trazer um número ainda maior de norte-americanos para Pernambuco", afirmou a presidente da Empetur, Ana Paula Vilaça em apresentação para o trade turístico da Flórida, nesta segunda-feira, em Miami. Os Estados Unidos atualmente estão entre os três principais países emissores de turistas para Pernambuco.

De Janeiro a agosto de 2015, 12,5 mil norte-americanos visitaram Pernambuco seja pelo portão internacional ou vindo de outros estados. No mesmo período deste ano, foram 10,6 mil. Uma queda de 15%. "Atribuímos esta redução a suspensão do voo direto da American Airlines entre Orlando e Recife", explicou Ana Paula. Comparando os mesmos períodos, o número de norte-americanos que vieram para Pernambuco pelo voo caiu de 4 mil pra 1,7 mil. A American Airlines suspendeu a operação em maio.

"Captar um voo é só o primeiro passo. Depois é preciso muito trabalho para mantê-lo com uma ocupação satisfatória", afirmou a presidente da Empetur, destacando a importância dos voos para fortalecer a cadeia produtiva do estado.

Além do voo da Latam para Miami, Pernambuco ganha em dezembro conexão direta com Orlando pela Azul. Foto: Fred Figueroa/DP
Além do voo da Latam para Miami, Pernambuco ganha em dezembro conexão direta com Orlando pela Azul. Foto: Fred Figueroa/DP

Além do voo Recife-Miami, a partir de dezembro o estado ganha outro elo direto com os Estados Unidos. A Azul passa a operar duas vezes por semana o voo de ida e volta para Orlando.

A expectativa da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer é conseguir um resultado semelhante ao registrado com os dois novos voos para a Argentina. O número de turistas argentinos em Pernambuco passou de 1,7 mil em 2014, para 34 mil em 2015. Neste ano, só entre janeiro e agosto já são 37 mil turistas.

Para divulgar Pernambuco, Secretaria de Turismo e Lazer apresenta o estado como o coração do Nordeste. Foto: Fred Figueiroa/DP
Para divulgar Pernambuco, Secretaria de Turismo e Lazer apresenta o estado como o coração do Nordeste. Foto: Fred Figueiroa/DP

Aeroporto é considerado estratégico
Foram justamente as novas conexões diretas entre o estado e vários países que deram início a apresentação dentro do conceito da campanha "Pernambuco, coração do Nordeste". O Aeroporto Internacional dos Guararapes é tratado como parte fundamental da estratégia, posicionado em um raio de até 800 quilômetros com seis capitais da região. Além dos destinos turísticos, Ana Paula Vilaça reforçou a força dos pólos médico, tecnológico e gastronômico e dos grandes eventos. "Me surpreendeu as primeiras informações que recebi do trade local sobre o potencial que enxergam Paixão de Cristo de Nova Jerusalém para o público norte-americano", finalizou a presidente da Empetur.

* O jornalista viajou a convite da Secretaria de Turismo e Lazer de Turismo de Pernambuco

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas