• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Alerta » Indisposição intestinal é o imprevisto mais comum durante viagens Idas ao hospital representam mais de 60% das situações indesejáveis vividas por viajantes. Problemas com voos e cancelamentos de viagens estão em segundo lugar

Correio Braziliense

Publicação: 23/09/2016 09:55 Atualização: 23/09/2016 10:00

Acidentes e imprevistos devem ser cogitados na hora de adquirir um seguro de viagem. Foto: GTA/Divulgação
Acidentes e imprevistos devem ser cogitados na hora de adquirir um seguro de viagem. Foto: GTA/Divulgação

Passear por aí é bom. Melhor ainda quando uma visita ao hospital está fora do roteiro. Ainda que sejam um balde de água fria em qualquer programação, acidentes e imprevistos são uma possibilidade e devem ser cogitados, principalmente na hora de adquirir ou não um seguro de viagem. Os atendimentos hospitalares são as ocorrências mais frequentes em viagens — representam 63,6% do total de imprevistos registrados por viajantes, de acordo com a seguradora Global Travel Assistance.
 
No hospital, as reclamações mais frequentes são indisposição intestinal, fraturas ocasionadas por quedas, febres e indisposição devido a impactos climáticos. Em segundo lugar estão problemas relacionados a voos e cancelamentos de viagens — 17,33% de todos os imprevistos.
 
O terceiro lugar do pódio corresponde a 13,28% do total de eventualidades e pode ser chamado de categoria dos perrengues. Inclui: extravio de bagagem, compra de medicamentos prescritos por médicos no exterior e orientações jurídicas — quando o turista se envolve em acidentes de trânsito, por exemplo.
 
Solicitações de informações sobre repatriação sanitária — quando é necessário levar alguém doente de volta ao país de origem — e orientações sobre extravio e perda de documentos estão em último lugar, com 5,78% do total.
 
“Somente quando ocorre um imprevisto é que as pessoas percebem a importância de ter algum tipo de cobertura, ainda mais num momento em que os custos costumam ser enxutos”, analisa o presidente da GTA, Celso Guelfi. De fato, apenas 30% dos brasileiros com intenção de viagem adquirem seguros, segundo dados da Travel Ace. Na Europa, a adesão beira os 100%.

Seguro de viagem
Há como contratar seguro tanto para viagens nacionais quanto para internacionais. Cada empresa oferece pacotes de serviços com condições e preços específicos. Em geral, o viajante pode esperar oferta de coberturas em casos de cancelamentos de voo, extravio de bagagem, acidentes pessoais, perda de documentos, acidentes ao praticar esportes ou por causa doenças pré-existentes.
 
Suporte farmacêutico e odontológico, repatriação sanitária e por morte, traslado médico e seguro de vida por morte acidental e invalidez permanente também são previstos.
 
O maior benefício para o viajante é poder contar com respaldo financeiro em situações inesperadas. Os possíveis prejuízos estão relacionados às condições contratuais. Fique atento ao que a empresa tem a oferecer, compare preços e condições de aquisição.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas