• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Viagem » Turismo do Nordeste à venda em feira de negócios Evento será uma oportunidade do turismo local divulgar suas atrações para o Brasil e para outros países da América Latina, América do Norte e Europa

Publicação: 13/04/2016 16:26 Atualização: 13/04/2016 16:46

Foto: Peu Ricardo/Esp. DP
Foto: Peu Ricardo/Esp. DP
O Nordeste está "à venda". Durante os dias 18 e 19 de maio os nove estados da região vão poder mostrar o que tem de melhor na 1ª edição do Destination Brazil Travel Mart, uma feira de negócios onde os principais produtos são sol e mar. O evento, que acontecerá em Porto de Galinhas, Ipojuca, Litoral Sul de Pernambuco, reunirá operadoras de turismo nacionais e de outros 20 países. Será uma oportunidade do turismo local divulgar suas atrações para o Brasil e para outros países da América Latina, América do Norte e Europa.

Serão esperados 200 buyers vindos de mais de 20 países. Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Estados Unidos, Portugual, Espanha e Alemanha já garantiram presença. Outros 120 suppliers de toda a região também irão participar do evento. "É um momento oportuno para o estado. Temos uma retomada de mercado por conta dos voos diretos para a Argentina, Estados Unidos e Portugal. Voos fundamentais para o turista estrangeiro vir para Pernambuco", afirmou Otaviano Maroja, presidente do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau.

A expectativa é que as rodadas de negócio, durante o evento, atraiam aproximadamente 500 visitantes e um retorno financeiro de R$ 200 milhões. Os estados passarão por uma capacitação de toda a cadeia produtiva do turismo. "São aulas interativas sobre cultura, astronomia, ecoturismo, mercado de luxo, turismo, roteiros sol e mar e LGBT", descreveu a Ana Paula Vilaça, presidente da Empetur.

Estrangeiros
Atualmente a Argentina é o principal emissor de turistas para Porto de Galinhas. Uma pesquisa realizada pela Empetur nas praias de Ipojuca revelou que 9,19% dos turistas estrangeiros são da Argentina (51,21%), Estados Unidos e Portugal (6,36%) e Espanha (5,76%). "Vamos investir do público argentino para podermos garantir a ocupação no voo direto de Buenos Aires para o Recife", disse Otaviano Maroja, presidente do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau.

Maroja revelou que houve uma queda de 90% no volume de turistas portugueses nas praias pernambucanas. "Deve-se à crise de 2008 na Europa onde eles deixaram de viajar para o Brasil e escolheram outros destinos", justificou. Com a desvalorização do real diante do dólar norte-americano, o Brasil se tornou um país barato para o estrangeiro. Temos que aproveitar o câmbio favorável e retomar o mercado português. Mesmo com a crise, Portugal ocupa o segundo lugar como país emissor de turistas para o estado", comemorou o presidente.

Serviço
Destination Brazil Travel Mart
Dias 18 e 19 de maio, Porto de Galinhas, Ipojuca
www.destinationbrazil2016.com.br

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas