Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 11/DEZ/2017

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

NUVEM » Em São Paulo, Google lança sua primeira região de Cloud da América Latina Com a chegada ao Brasil, cobrança pelos serviços começa a ser feitas na moeda local

Diogo Carvalho

Publicação: 19/09/2017 15:04 Atualização: 20/09/2017 10:11

Joe Kava, vice-presidente global de data centers do Google, fala dos serviços beneficiados com o lançamento da nova região em São Paulo - Foto: Google/Divulgação
Joe Kava, vice-presidente global de data centers do Google, fala dos serviços beneficiados com o lançamento da nova região em São Paulo - Foto: Google/Divulgação

São Paulo - O Brasil acaba de entrar numa grande mudança estratégica do Google em todas suas ofertas de serviço de nuvem. Nesta terça-feira (19), a gigante tecnológica inaugurou, em São Paulo, a primeira região de Cloud na América Latina, a 12ª da Google Cloud Plataform (GCP) no mundo.

Explicando de uma maneira mais simples, as empresas de todo o continente agora poderão armazenar e processar dados no Brasil, aumentando a velocidade, desempenho e flexibilidade da plataforma  – uma vez que diminui a distância entre os servidores e usuários brasileiros, com redução de latência (tempo de transferência de informações) de até 95%. 

Em outras palavras: antes, boa parte dos dados eram enviados para os servidores na região de Carolina do Norte (EUA); agora, qualquer dado de usuários no Brasil, Argentina, Chile e outros vizinhos latinos serão enviados para São Paulo, aumentando ainda mais a velocidade de transferência de dados. Fazer um upload de um vídeo no YouTube ou enviar uma mensagem pelo GMail, por exemplo, ficará ainda mais rápido.

Ter uma ampla distribuição de infraestrutura de nuvem é importante para aumentar as chances competitivas do Google nesse segmento, com forte concorrência da Amazon e Microsoft. Cada vez mais, países estão exigindo que alguns tipos de dados sejam armazenados em determinadas localizações geográficas. 

E mesmo com redes de alta velocidade, uma grande distância entre onde um aplicativo está hospedado e onde seus usuários estão localizados provoca problemas de latência capazes de inviabilizar a oferta de alguns serviços. Com a inauguração da região de São Paulo  – identificada como "southamerica-east1 –, o Google Cloud Plataform integra uma rede global com 100 mil quilômetros de cabos de fibra ótica.

Fabio Andreotti, diretor de Google Cloud Plataform do Brasil, explica as vantagens para empresários e usuários brasileiros com a cobrança na moeda local - Foto: Google/Divulgação
Fabio Andreotti, diretor de Google Cloud Plataform do Brasil, explica as vantagens para empresários e usuários brasileiros com a cobrança na moeda local - Foto: Google/Divulgação

Cobrança em real

Outra novidade é que os clientes brasileiros agora podem pagar em reais (R$) pelos serviços do Google Cloud Plataform, sem a necessidade de fazer pagamentos internacionais e com os impostos previstos sendo recolhidos automaticamente pelo Google. Mesmo presente em outras 11 regiões, é a primeira vez que a gigante oferece uma operação de pagamento em moeda local nos mercados em que ofecere seus produtos de GCP, como destaca o diretor de GCP do Google Brasil, Fabio Andreotti. Em todas as outras regiões, a cobrança ainda é efetuada em dólares.

"É um compromisso de tornar nossos produtos mais acessíveis para cada vez mais clientes brasileiros. Ao oferecer essa possibilidade de pagamento, reduzimos a necessidade das empresas terem uma infraestrutura específica para cuidar dos pagamentos e dos impostos, reduzindo a burocracia", comenta Andreotti. Os clientes brasileiros precisam atualizar as contas, informando o método de pagamento, que pode ser por cartão de crédito ou boleto. A decisão de armazenar os dados é do cliente, que pode escolher entre o Brasil ou qualquer lugar no mundo e trabalhar em qualquer uma das regiões.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.









SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]