Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 22/AGO/2017

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

RETIRADA » Apple surpreende e pode interromper produção de iPhone no Brasil Empresa do Vale do Silício pode ter suas atividades relativas à produção de Smartphones encerradas no Brasil ainda neste ano

Rodrigo Carvalho

Publicação: 03/07/2017 18:30 Atualização: 03/07/2017 19:46

Apple pode interromper produção de iPhones no Brasil - Foto: Divulgação/Apple
Apple pode interromper produção de iPhones no Brasil - Foto: Divulgação/Apple

Uma notícia pegou os fãs da Apple de surpresa na última semana. De acordo com uma reportagem veículada na edição da revista Isto é Dinheiro, a Foxconn, uma das maiores fabricante de eletrônicos por contrato do mundo e fornecedora da Apple no Brasil, pretende encerrar suas atividades em solo nacional. Ainda de acordo com a revista, fontes familiarizadas com o assunto já dão como certa a saída da empresa do mercado nacional. No entanto, a empresa norte-americana nega as informações da publicação.

A revista teria entrado em contato com uma ex-funcionária demitida da fábrica da empresa taiwanesa de eletrônicos Foxconn com sede em Jundiaí (SP), que não quis se identificar. Nos últimos anos, o Brasil recebeu seis fábricas da Foxconn: duas em Manaus, uma em Santa Rita do Sapucaí (MG) e três em Jundiaí

O presidente da Foxconn, Terry Gou, na época do acordo com o governo brasileiro, em 2011,  prometeu à então presidente do país, Dilma Rousseff, que investiria um montante US$ 12 bilhões no Brasil e empregaria mais de 100 mil pessoas para produzir e montar produtos da Apple e de outras empresas. Porém, o total de funcionários da Foxconn no país nunca chegou a 10 mil.

Desde o ano passado a empresa vem enfrentando problemas em relação à uma série de fatores como o crescente aumento dos impostos brasileiros e a crise no mercado de eletrônicos. Analistas de mercado analisam que a empresa sequer chegou a engrenar no país.

Há cerca de dois meses, a empresa californiana já havia encerrado a fabricação do tablet iPad no Brasil. Depois de dois meses de redução no ritmo de produção na fábrica da Foxconn em Jundiaí, no interior de São Paulo, a linha de montagem foi desativada. A fábrica produziu várias versões do iPad no País, desde que o governo autorizou a fabricação do produto, em 2012. A operação do iPad chegou a ter 2.000 empregados em 2012, mas já tinha caído para 130 neste ano, e deste número, pelo menos 70 foram demitidos em abril.
 
E o preço? 
 
Se a saída for confirmada, é quase que uma certeza que os preços da empresa da maçã irão disparar no Brasil. No país onde se paga o 2º iPhone mais caro do mundo – perdendo apenas para a Turquia e com uma diferença de 147% dos valores praticado nos EUA – , não é de estranhar que os preços mais uma vez sejam alavancados. Com a alta carga de impostos de tributação do governo em relação aos produtos importados, o usuário fã da Apple deve ficar atento ao mercado nos próximos meses. 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.









SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]