• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Lançamento » Samsung lança TV's QLed com controle único e tecnologia quantum Para o diretor de produto TV da empresa, os aparelhos se tornaram uma "nova categoria de televisões"

Marcela Cintra - Diario de Pernambuco

Publicação: 21/06/2017 18:00 Atualização: 22/06/2017 14:40

Valores das novas TVs da Samsung variam entre R$ 10 mil e R$ 87 mil. Foto: Marcela Cintra/DP
Valores das novas TVs da Samsung variam entre R$ 10 mil e R$ 87 mil. Foto: Marcela Cintra/DP

Pouco mais de um mês após o lançamento das televisões 4K da LG, a Samsung promete dar uma passo à frente na tecnologia de SmarTVs. Em lançamento oficial no Brasil nesta terça-feira (20), em São Paulo, a marca sul-coreana apresentou a sua nova linha de aparelhos, chamada Qled, e definida como "uma nova categoria de TV's", por Erico Traldi, diretor do Produto TV da empresa.

Segundo ele, a série de aparelhos da marca conseguirá atender a todas as demandas do consumidor atual, resumindo os aparelhos em três pilares: QStyle, QSmart e QPicture.

OS Q'S DA INOVAÇÃO
As QLeds não receberam está denominação em vão. O "Q" vem de "quantum", tecnologia de pontos quânticos (não orgânicos e sem vida útil), base da nova TV.

QSTYLE: O design e as novidades de estilo foram teclas repetidamente apertadas pela empresa no evento de lançamento. Com a ideia de "organizar a sala", a multinacional apostou em aparelhos com design elegante e poucos fios. De acordo com Traldi, as reclamações constantes dos consumidores em relação à quantidade de cabos, referentes à televisão e outros aparelhos eletrônicos a ela ligados, e às possibilidades de disposição da TV na sala, por exemplo, foram ouvidas e resolvidas.

O pilar do QStyle promete entregar organização e design ao ambiente onde o consumidor deseja instalar os aparelhos, trazendo como complemento o "One Connect". O dispositivo permite a conexão de equipamentos HDMI, USB e outros, ligando-se às QLeds através de um cabo óptico transparente de 5 metros de comprimento e 1.8mm de espessura. O objetivo aqui é permitir que o consumidor possa deslocar os eletrônicos para longe da TV. Quem comprar a televisão pode optar por um cabo de 15 metros, pagando mais para adquiri-lo.

A multinacional apostou em aparelhos com design elegante e poucos fios. Foto: Marcela Cintra/DP
A multinacional apostou em aparelhos com design elegante e poucos fios. Foto: Marcela Cintra/DP

QSMART:
O segundo pilar aposta na praticidade dos televisores. A alta tecnologia alinha-se à intuitividade com que o consumidor utilizará o novo aparelho. Com um único controle remoto, o cliente pode controlar não só as QLeds, mas todos os todos dispositivos a ela comentados, mesmo que estejam localizado longe ou em outra parte da casa. Ao conectar aparelhos a TV, eles são automaticamente reconhecidos e renomeados, inclusive de marcas concorrentes.

QPICTURE: Aqui, a Samsung acredita ter atingido o máximo em qualidade de imagem para televisores atualmente. Segundo Traldi, as QLeds conseguem entregar 100% de volume de cor, reproduzindo todas as cores independente do brilho em que o conteúdo foi gravado. Isso acontece graças ao HDR1500 que os modelos Q7 e Q8 entregam e ao HDR2000 da Q9. Com estas configurações, as QLeds dão mais detalhes do que as TV's HD comercializadas até então.

SÉRIES
Q7: Primeiro modelo da linha, pode vir em 55 ou 65 polegadas, em tela plana.
Q8: Mais intermediários, os modelos são fabricados em 65 ou 75 polegadas, tela curva e estrutura metálica. Inclusive, é justamente no design que se diferenciam das Q7.
Q9: A top de linha da série. Vem na versão de 88 polegadas, em tela plana.

PREÇOS E MERCADO
Não é só a tecnologia que é alta no lançamento da Samsung. Os preços também são. A versão inicial da linha, a Q7 de 55 polegadas, tem o valor sugerido de R$ 9.999,00, e previsão de chegada ao mercado brasileiro ainda no mês de junho. Já o cliente que deseja adquirir a versão intermediária, a Q8 de 75 polegadas, por exemplo, terá que desembolsar, no mínimo R$ 36.999,00. Quem quer ir mais longe, precisará investir a bagatela de R$ 86.999,00 para adquirir o modelo Q9.

Com os valores, a Samsung dificilmente irá atingir uma grande parcela dos brasileiros, que sentirá falta de produtos mais acessíveis. Porém, os preços altos e a atual situação econômica do país não assustam a marca, otimista no sucesso de mercado das QLeds. Os valores, no entanto, podem ficar ainda mais pesados, já que para garantir certos "benefícios", o cliente precisará desembolsar mais do que o dinheiro da televisão. O cabo óptico de 15 metros, por exemplo, aposta da marca para levar os aparelhos eletrônicos ligados ao "One Connect" para outro cômodo, sairá na faixa de R$ 900. O suporte "No Gap", que prende a televisão à parede deixando praticamente zero espaço entre um e outro, fica entre R$ 599 e R$ 699 e não está disponível para a Q9. Ou seja, para obter a experiência completa das inovações trazidas pela empresa, apenas a televisão não é o suficiente, distanciando, ainda mais, o novo produto da maior da população brasileira.

As QLeds são, sim, um grande lançamento no mundo televisivo, não há dúvidas. Mas os preços das TV's somados a uma provável necessidade de compra de itens separadamente tornam o acesso a tal tecnologia ainda distante da realidade do país.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas