Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 25/ABR/2017
 
cheia

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Tecnologia » Marcas apostam no público jovem para lançar suas linhas de smartphones Modelos de entrada já apresentam bastante tecnologia agregada com preços acessíveis a todos os bolsos

Diario de Pernambuco

Publicação: 27/03/2017 17:38 Atualização: 27/03/2017 17:47

Modelo J7 Prime é o mais completo da linha de entrada da Samsung. Crédito: Divulgação
Modelo J7 Prime é o mais completo da linha de entrada da Samsung. Crédito: Divulgação
 

Os smartphones, hoje em dia, são peças fundamentais na vida de uma pessoa, independente de geração. É através dele que as pessoas se comunicam, resolvem pendências, pagam contas, trocam emails, entre tantas outras funcionalidades. Além disso, eles se tornaram artigos acessíveis para todos, com preços para todos os bolsos. Porém, é fato que os jovens são os que mais se preocupam e valorizam o modelo, design e características do produto. Mas são também os que não tem dinheiro sobrando para investir em um smartphone mais luxuoso. Justamente por isso as marcas passaram a investir diretamente neste público-alvo, incrementando suas linhas de forma mais direcionada e com recursos tecnológicos avançados desde a linha de entrada, como a A da Samsung.

O mercado de smartphones funciona basicamente como o automotivo e costuma ter modelo de entrada, a linha intermediária e os topos de linha para quem tem cacife de bancar algo mais luxuoso. A linha de entrada é voltada para quem não abre mãe de ter um celular inteligente, espera que o telefone atenda às suas necessidades, mas não pode investir um valor alto nele. A intermediária é a pensada para o público que aceita pagar um pouco a mais para ter mais tecnologia e características mais avançadas. Os topo de linha são os mais desejados porque apresentam tecnologia e recursos mais avançados, mas não cabem no bolso de todos.

Renato Citrini afirma que jovens se preocupam com tamanho da tela e qualidade da câmera. Crédito: Divulgação
Renato Citrini afirma que jovens se preocupam com tamanho da tela e qualidade da câmera. Crédito: Divulgação
Pensando nas necessidades de cada público e também no que ele pode investir, o smartphone precisa atender às expectativas dos usuários desde sua linha de entrada. É o que aposta a Samsung com a sua linha J. "O comportamento do público hoje em dia dá conta de acessar as redes na hora que quiser, o jovem quer estar sempre conectado. E temos, dentro da gama de entrada, uma variedade muito grande, que varia desde o mais básico J1 Mini até o J7 Prime, com configurações de tela, câmera e acabamento diferentes", afirma Renato Citrini, gerente Senior de produto da divisão de Dispositivos Móveis da Samsung Brasil. Ele explica que os valores começam a partir de R$ 500.

Renato Citrini explica que o público mais jovem está bastante atento ao tamanho da tela e à qualidade da câmera. "É uma geração que gosta de tirar selfies e fizemos uma pesquisa no Brasil e percebemos que o flash frontal era muito importante. Como o mercado brasileiro é importante para a marca, a matriz sempre leva em consideração e, por isso, passamos a oferecer o flash na câmera frontal a partir do J5 na linha. Na balada à noite, a qualidade e a intensidade das selfies ficam melhores", conta.
De uma forma mais específica, o mercado do Nordeste é tido como essencial para o crescimento da Samsung no Brasil. "Na região, temos regionais para atender com foco nos varejos locais. Damos essa atenção particular a cada área e sabemos que no Nordeste a linha J tem muito espaço", diz o gerente. Para ele, a expectativa é que as vendas cresçam entre 3,5% a 4% em 2017 em relação ao ano passado em todas as linhas da Samsung no Brasil.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.









SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]