Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 21/NOV/2017

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Conexão » Brasil é o segundo país que mais baixa aplicativo de menàge a trois Brasileiros ficam atrás apenas dos americanos em número de usuários de aplicativo que promove sexo a três

Correio Braziliense

Publicação: 23/02/2017 07:47 Atualização:

Os brasileiros aparecem em segundo lugar no ranking de um aplicativo de paquera que promete encontrar mulheres e homens interessados em sexo a três. O Brasil fica atrás apenas dos Estados Unidos no número de usuários ativos, país de origem da empresa 3Somer. Apple Store e Google Play.

A aplicativo, disponível Apple Store e Google Play, é democrático. Casais héteros ou gays podem escolher se querem encontrar um homem ou uma mulher para um ménage à trois. O relatório da empresa revela que Nova York é a cidade mais favorável para quem fantasia o sexo a três. Los Angeles aparece em segundo, seguida por Chicago, Brooklyn, Houston, Miami, Las Vegas, Filadélfia, San Diego e San Antonio.

No ranking de países, após a vice-liderança do Brasil, completam a lista o Reinto Unido, Austrália, Espanha, França, Canadá, México, Holanda e Alemanha.
 
O co-fundador da empresa, John Martinuk disse, em uma publicação no site oficial da empresa, que o 3Somer é um aplicativo de namoro a três para casais de mente aberta, solteiros e swingers.

Não há, nos dados do aplicativo, um levantamento sobre as cidades brasileiras. Apenas os EUA e o Reino Unido tiveram a lista das cidades divulgada. No país europeu, Londres é a cidade mais favorável ao ménage, seguida por Manchester e Birmingham.

O 3Somer enfrenta um processo na justiça do precursor dos aplicativos de paquera: o Tinder. A pioneira em unir casais acusa o app de ménage de copiar o nome - que antes era 3Nder (que soa como Threender) - e a identidade visual do aplicativo. O processo segue na justiça, apesar da mudança do nome.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.









SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]